Matérias do Autor: Equipe Akatu 1506 matérias disponíves

Sobre o Autor

Equipe Akatu

Carrefour cria postos de coleta de óleo de cozinha usado no Rio de Janeiro

Só 17% dos consumidores destinam corretamente o material; na pia resíduo causa entupimento da tubulação e contamina a água

As nove lojas do Carrefour no Estado do Rio de Janeiro foram equipadas com coletores de óleo de cozinha usado. O óleo nelas coletado é encaminhado para reaproveitamento como matéria-prima na produção de sabão e biodiesel. Apoiada pelo programa da Cargill, “Ação Renove o Meio Ambiente”, por meio da marca Liza, a iniciativa do Carrefour pretende se tornar referência para os 2 milhões de clientes que passam mensalmente em suas lojas.

Em São Paulo, a experiência da rede varejista começa a dar resultados. Conforme levantamento feito pela empresa de pesquisa Nielsen, o consumo ...

Cresce o poder de escolha das mulheres da classe C

Pesquisa indica que ascensão econômica lhes dá um poder de escolha ampliado

A mulher da chamada “nova classe C” é arrimo de família e decide as compras da casa. A renda média do que se define como classe C cresceu 62% entre 2002 e 2010. Entre as mulheres deste grupo, o aumento é significativamente maior – 78%. O resultado disso é que elas já respondem por 70% das decisões de compra, delas e da família. É o que revela a pesquisa da Editora Abril, realizada entre março e julho de 2011, pelo Data Popular.

Com um aumento significativo de renda, as ...

Veja como fazer festas de fim de ano mais sustentáveis!

Presentes, refeições, produtos de papel, flores, viagens, bebidas, fogos, enfeites, roupas. Cada cerimônia provoca um impacto ambiental extraordinário

Você já pôs na ponta do lápis seus gastos para as festas de fim de ano?

Segundo dados do “Estado do Mundo – 2010”, produzido pelo Wordwatch Institute (WWI) e publicado em português pelo Akatu,  só os americanos, com 5% da população mundial, abocanham uma fatia de 32% do consumo global. Se todos vivessem como os americanos, o planeta só comportaria uma população de 1,4 bilhão de pessoas. Nossas classes A e B+ têm padrão de consumo semelhante. Esse excesso tende a se repetir nas festas.

Portanto, ao começar ...

Pimentão, morango, pepino e alface são os mais contaminados

Anvisa analisou 18 alimentos: até 92% das amostras estavam contaminadas – só a batata não registrou contaminação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) analisou 18 vegetais produzidos no Brasil e encontrou contaminação por agrotóxicos em 17. Em quatro deles mais da metade das amostras estavam contaminadas: pimentão,  com 92% de reprovação para consumo; morango, com 63%; pepino, com 57%, e a alface, com 52%.

Segundo as análises, as amostras reprovadas continham concentrações de produtos químicos acima do limite aceitável ou vestígios de pesticidas indicados para outras lavouras – um agrotóxico recomendado para o cultivo de eucalipto, por exemplo, usado numa lavoura de tomate.

Os dados estão no relatório do Programa de Análise ...

Veja como diminuir resíduos de agrotóxicos nos alimentos

Recomendação é lavar os produtos em água corrente; apenas olhando é praticamente impossível identificar vestígios dos pesticidas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou na terça-feira (6/12), resultados de um estudo que identificou contaminação por agrotóxicos em amostras de 17 dos 18 alimentos analisados. A olho nu não é possível identificar essas substâncias nos produtos, e a exposição a elas pode causar sérios danos à saúde humana.

“Além de não ser possível identificar alimentos que foram produzidos com uso de agrotóxicos, também não dá para eliminá-los. Mas é possível diminuir a presença deles nos produtos com uma boa lavagem”, afirma Sidinea Cordeiro de Freitas, engenheira química e especialista em ...

Fechar

Esqueci minha senha

Digite seu e-mail e clique em "Procurar" para recuperar sua senha.
Sua senha foi enviada para o e-mail informado.
Não encontramos seu e-mail em nossos registros. Se você não tem uma conta Akatu, cadastre-se aqui.
Ocoreu um erro inesperado. Por favor, tente mais tarde.
enviando...