Matérias com a Tag: consumo 134 matérias disponíves

15 dicas para economizar com o material escolar e proteger o meio ambiente

Práticas de conservação, reaproveitamento, doação, trocas, entre diversas outras, contribuem para economizar dinheiro e causar menos impacto negativo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Crédito da foto: Creative Commons/Richard Steih

 

Janeiro é mês em que muitos pais e mães compram o material escolar solicitado pelas escolas de seus filhos. Encontrar os melhores preços não é tarefa das mais fáceis, pois além de subirem ano a ano, ainda podem variar muito de uma loja para outra. Para economizar, a pesquisa de preços é uma grande aliada. Mas há diversas outras dicas que podem ajudar os pais a gastar menos, além de reduzir o impacto ambiental negativo sobre os recursos naturais utilizados na fabricação de novos materiais a cada ano. Pensando em ajudar ...

Instituto Akatu faz palestra sobre o novo consumo

Evento promovido pelas revistas Veja e Exame promoveu a reflexão sobre comportamento na era digital, revolução da ética e o novo consumo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: Helio Mattar, no evento da Editora Abril - Crédito: Divulgação/AntonioMilena

 

Em 17 de janeiro, as revistas Veja e Exame, da Editora Abril, promoveram o evento A Revolução do Novo, com palestras de reflexão sobre as tendências e as transformações atuais que afetam a vida dos países, das empresas e da sociedade. Realizado no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, o evento teve como público CEOs e empresários convidados.

Três temas centrais nortearam os debates do dia: comportamento na era digital, a revolução da ética e o novo consumo. Helio Mattar, diretor ...

Empresas firmam compromisso por publicidade responsável para crianças

Iniciativa reúne Coca-Cola, Kellogg, Mcdonald´s, Mondelez, Nestlé e Unilever – apoiadores do Instituto Akatu

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Crédito: Creative commons/Pixabay/Domínio Público

 

Coca-Cola, Kellogg, McDonald´s, Mondelez, Nestlé, e Univeler (apoiadores do Instituto Akatu), e também as empresas Ferrero, General Mills, Grupo Bimbo, Mars e PepsiCo reforçaram, no dia  12 de dezembro, um compromisso para divulgar publicidade de forma responsável para crianças. A iniciativa, que existe desde 2008, está renovando algumas diretrizes do programa.

Entre as novas regras estão a padronização dos critérios nutricionais dos produtos voltados para o público menor de 12 anos de idade; o monitoramento por meio da contratação da consultoria KPMG; e o aumento da restrição de audiência de público infantil, que passam a ...

Cinco aspirações humanas indicam o caminho para o sucesso das empresas e suas marcas

Uma pesquisa realizada pelo Globe Scan & BBMG mostra como os consumidores estão se importando com a sustentabilidade e o bem estar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Crédito: Divulgação

 

Uma recente pesquisa do Globe Scan & BBMG intitulada “Cinco Aspirações Humanas” (“Five Human Aspirations”) procura indicar para onde as empresas e suas marcas devem caminhar para ter sucesso, isto é, para “criar valor durável” em um contexto dinâmico e a cada dia mais complexo. A pesquisa busca responder algumas questões para as empresas, entre elas: como permanecer relevante para uma nova geração cujos valores estão em rápida mudança e como aumentar a resiliência nesse ambiente dinâmico e desafiador.

A pesquisa identificou comportamentos dos consumidores na direção de buscar  cada vez mais aliar a satisfação de ...

O desperdício que não queremos

De uma Economia Desperdiçada para um Planeta Desperdiçado: Porque mudar nosso padrão de consumo é uma escolha que devemos tomar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: Produção de alimentos é responsável por 80% do desmatamento - Crédito: Elina Mark/Creative Commons

 

Enquanto nos sentamos para almoçar ou jantar neste Dia Mundial do Meio Ambiente, é importante considerar o seguinte: um terço de todos os alimentos produzidos no mundo a cada ano - 300 milhões de toneladas - é desperdiçado. Este desperdício custa à economia mundial a quantia impressionante de um trilhão de dólares anualmente.

Regiões industrializadas são responsáveis por quase metade do total. A comida que jogamos fora ainda é própria para consumo humano e poderia alimentar mais de 800 milhões de pessoas no mundo ...

Sustentabilidade precisa ficar mais sexy, dizem especialistas

Em debate sobre consumo na Virada Sustentável 2014, especialistas buscam formas de motivar a sociedade a abraçar a sustentabilidade


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: Público integrou-se ao debate de especialistas em sustentabilidade

 

Neste momento em que os recursos naturais estão sendo explorados a uma taxa maior que a capacidade de reposição, gerando desequilíbrio no meio ambiente e na sociedade, os especialistas vêem uma oportunidade. “Se por um lado as pessoas estão cansadas do papo chato da sustentabilidade, por outro lado, há muita gente que não quer mais ser oprimida pelo consumismo. É nessa angústia que está a nossa chance de mobilizar as pessoas”, diz Aron Belinky, do GVCes - Centro de Estudos de Sustentabilidade da Escola de Administração da Faculdade Getúlio ...

Resultado final: imagens dão dimensão impressionante ao consumismo

Artista norte-americano Chris Jordan utiliza o consumo excessivo para criar séries de fotografias e ilustrações

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma série de imagens captadas pelo artista Chris Jordan ajuda o espectador a compreender com precisão o resultado final do consumismo desenfreado: verdadeiras montanhas de produtos descartados, de telefones celulares a carros, que se acumulam nos Estados Unidos inteiro.

O projeto se chama Beleza Intolerável: Retratos do Consumo em Massa Norte-Americano, e as fotos foram feitas entre 2003 e 2005. “Como um consumidor norte-americano, não estou em posição de apontar o dedo”, Jordan explica na apresentação da coleção. “Mas sei que, quando refletimos a respeito de uma dúvida difícil ...

São Paulo é sede nacional da Hora do Planeta 2014

No próximo sábado (29), a Praça Victor Civita vai apagar simbolicamente a luz todas as cidades brasileiras participantes do movimento

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No sábado, 29 de março, um interruptor gigante instalado na Praça Victor Civita apagará, simbolicamente, as luzes de todas cidades brasileiras participantes do movimento e iniciar oficialmente a Hora do Planeta no Brasil. Pela primeira vez, São Paulo será a sede nacional do projeto, maior movimento mundial contra o aquecimento global, promovido no país pela organização ambientalista WWF-Brasil.

Os participantes estão convidados a demonstrar sua preocupação com o planeta levando velas, lanternas e cartazes. “O evento oficial é o momento de reunirmos parceiros, apoiadores e a população ...

Na Hora do Planeta, Use Seu Poder!

No próximo sábado (29), apague as luzes e reflita sobre como seus hábitos de consumo influenciam a sociedade em que vivemos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Instituto Akatu e o Edukatu convidam todas as pessoas, organizações, escolas e empresas a participarem da Hora do Planeta 2014! No dia 29/03/2014 (sábado), a partir das 20h30, apaguem as luzes por sessenta minutos e reflitam sobre como os seus hábitos de consumo e práticas de produção influenciam a sociedade em que vivemos.

“A Hora do Planeta marca um momento em que todos estamos atentos às escolhas de consumo que constroem a sociedade do bem-estar. Chamar as pessoas a usarem o seu poder de transformação dá força às diversas ...

Classe média brasileira representa 54% da população

A previsão é que em 2023, essa fatia da população, também chamada de classe C, chegue a 58%

A classe média brasileira representa 54% da população do país, de acordo com estudo feito pela Serasa Experian em conjunto com o Instituto Data Popular, sobre as famílias brasileiras que tem renda per capita (por pessoa) entre R$ 320 e R$ 1.120.

De acordo com a pesquisa Faces da Classe Média, divulgada hoje (18) na capital paulista, a previsão é a de que em 2023, essa fatia da população, também chamada de classe C no estudo, chegue a 58%.

Os dados revelam que a classe média, atualmente, é ...

Brasil é grande exportador de “água virtual”

Quando um produto é comercializado entre países, a água usada também foi exportada

Foto: Wikimedia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentário Akatu: Ainda que menos de 1% da água doce do planeta esteja acessível para consumo, o volume existente hoje é mais que suficiente para abastecer as necessidades da humanidade. Só que a maneira de utilizá-la precisa ser modificada no sentido de um modelo de consumo e de produção mais consciente, que permita a renovação deste recurso precioso de forma sustentável. Assim, é importante que todos tenham o conhecimento de que o consumo de cada um, mesmo individualmente ou em pequenos grupos, provoca impactos significativos nos indivíduos, na sociedade, na economia e no meio ambiente.

As ...

Desafio: não dê presentes novos no Natal

Você está pronto a entrar no louco frenesi de compras do qual participamos todo final de ano?

Você está pronto para aquela incrível explosão de gastos, para inflar a conta do seu cartão de crédito, para o estresse de comprar coisas para todo mundo da sua lista?

Você está pronto para consumir uma quantidade insana de recursos, causar um desmedido impacto ambiental, e trabalhar longas horas para pagar por tudo isso?

Sim, é época das festas de fim de ano novamente, e com ela vem a pior parte do consumismo.

Por mim, ...

Prorrogadas inscrições para Desafio Piquenique pela Sustentabilidade do Edukatu

Campanha on-line convida alunos e professores para participar da rede e envolver toda a comunidade no processo de aprendizagem sobre consumo consciente e sustentabilidade

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Edukatu, rede de aprendizagem de professores e alunos para o consumo consciente do Instituto Akatu, acaba de prorrogar o prazo de inscrições para o Desafio Piquenique pela Sustentabilidade para 09 de dezembro.  Essa campanha on-line, que incentiva a realização de piqueniques sustentáveis, busca possibilitar o aprendizado na prática sobre uma série de questões relacionadas a consumo consciente, como alimentação saudável, aproveitamento de sobras, ciclo de vida dos produtos e reciclagem de resíduos, e  ajudar a envolver, de uma maneira prazerosa e lúdica, mais pessoas com a causa e a discussão do tema.

Reflita sobre seus hábitos e passe um dia sem compras

Dia Sem Comprar, celebrado no próximo sábado (30/11), propõe análise de escolhas de consumo por meio do desafio de passar um dia sem comprar






















No próximo sábado, 30/11, celebra-se o Dia Sem Comprar (DSC), conhecido internacionalmente como Buy Nothing Day (BND). O objetivo da iniciativa é estimular as pessoas a refletirem sobre os impactos positivos e negativos, sociais e ambientais, de seus atos de consumo. Criada em 1993 pela organização canadense Adbusters, a data mobiliza pessoas em dezenas de países, entre eles França, Japão e Suíça.

O Dia Sem Comprar propõe que os cidadãos questionem ...

Empresas dando as mãos a consumidores no esforço de sustentabilidade

Um grande número de estudos vem indicando a importância do consumo consciente na transição para a sustentabilidade

O Instituto Akatu para o Consumo Consciente nasceu em 2001 visando conscientizar os consumidores para o poder transformador das suas escolhas de consumo sobre o meio ambiente e a sociedade, levando-os a mudar os seus comportamentos de compra, uso e descarte de bens ou serviços e, com isso, valorizar as empresas pelo avanço em suas práticas de responsabilidade social e ambiental.

A percepção era de que, por ir contra o mainstream de toda publicidade empresarial, haveria enorme dificuldade no cumprimento dessa missão. No entanto, ...

“Não compramos apenas mercadorias, adquirimos informações”

Rede busca incentivar a interação entre tecnologias digitais e sustentabilidade para estimular uma nova forma de compreender o consumo, muito além dos produtos em si

Investigar as múltiplas possibilidades de interação entre as redes digitais e sustentabilidade. Esta foi uma das questões que motivou o surgimento do e-coLAB, Laboratório Internacional de Pesquisa e Inovação em Arquiteturas Interativas Digitais para a Sustentabilidade, criado no âmbito do Centro de Pesquisa Atopos da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).

Baseado em um novo conceito de ecologia, capaz de integrar tecnologia, informação, territórios e a vida biológica, o e-coLAB é uma rede que tem como objetivo compartilhar conhecimento entre empresas, universidades, sociedade civil e instituições, além ...

Garoto ajuda a difundir alimentação consciente pelo mundo

Jovem liderança questiona sistema atual de produção e consumo de alimentos e busca incentivar modelos mais sustentáveis



















Palestrante, autor, futuro fazendeiro e defensor jovem da produção orgânica e local. É assim que o americano Birke Baehr, de 14 anos, define sua atuação. Interessado no tema da alimentação desde os 8 anos, o menino teve destaque ao ser o palestrante mais jovem do TEDxNextGeneration (com 11 anos), no qual falou sobre os problemas relacionados ao modelo contemporâneo de alimentação.

Desde então Baehr tem dado palestras, feito visitas e trabalhado voluntariamente em fazendas ...

Uma economia só é sustentável quando respeita os princípios da ecologia

Esse modelo econômico de elevada produção “alimentado” com exagerado consumo é destruidor dos serviços ecossistêmicos

Comentário Akatu: O modelo de produção e consumo adotado há dezenas de anos já absorve 50% mais recursos renováveis do que a Terra consegue regenerar, mesmo em uma situação de enorme concentração do consumo, como aponta o artigo abaixo, em que apenas 16% da população mundial é responsável por 78% do total do consumo no planeta. Por isso, mais do que uma tendência, buscar alternativas para alcançar o bem-estar desejado com um uso muitíssimo inferior de recursos naturais é essencial para um novo modelo de sociedade, que garanta a sustentabilidade da vida no ...

Um novo paradigma do marketing: a oferta consciente

Comentário Akatu: A transição para uma sociedade mais sustentável envolve mudanças estruturais no atual modelo de produção e consumo. De um lado, tais mudanças dependem de consumidores mais conscientes em suas escolhas e, de outro, de empresas dispostas e preparadas a inovar radicalmente tanto nos produtos e serviços disponibilizados quanto na forma como os oferecem, atendendo e respeitando a demanda desses consumidores, como aponta o artigo abaixo. No final de 2012, o Akatu lançou um material que busca colaborar com essa reflexão por meio da sugestão de dez caminhos que contribuem para ...

Prêmio reconhece iniciativas sustentáveis e de responsabilidade social no franchising

Valorização e incentivo à atuação sustentável no setor de franquias são objetivos de premiação anual

O Prêmio Destaque Sustentabilidade, cuja cerimônia de premiação da edição 2013 ocorre agora em junho, busca estimular a adoção de modelos de gestão social e ambientalmente responsável por parte das empresas do mercado de franchising, reconhecendo as franquias que mais se destacaram na realização dessas ações, projetos ou programas durante aquele ano.

Promovido pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) e a Associação Franquia Sustentável (AFRAS), o prêmio é dividido em seis categorias: Franqueador, Franqueado, Parceiro AFRAS, Fornecedor, Líder Sustentável e Jornalismo, que premiará os profissionais de comunicação que produziram reportagens sobre iniciativas ou ...

Pesquisa Akatu: consumidor valoriza práticas empresariais sustentáveis

Estudo indica que o consumidor brasileiro está mais bem informado sobre sustentabilidade e valoriza práticas de responsabilidade social das empresas.

A mais recente pesquisa do Instituto Akatu – Rumo à Sociedade do Bem-Estar – indica que o consumidor brasileiro está mais bem informado sobre sustentabilidade e valoriza as práticas de RSE das empresas. Todavia, são bem críticos em relação à credibilidade delas: só 8 % acreditam no que as empresas divulgam.

Felicidade é…
Essa pesquisa do Akatu foi lançada no último dia 25 de abril e traz um recorte sobre o momento brasileiro, numa conjuntura de transição entre o modelo de consumo que a sociedade construiu e outro, que está por surgir.

Como os consumidores ...

Água: recurso escasso ou abundante?

O cidadão-consumidor consciente da importância de não desperdiçar um recurso precioso como a água servirá de exemplo onde estiver, além de poder mobilizar outros

É lugar comum dizer que a Terra é o planeta água. No entanto, 97,5% da água do planeta é salgada, apenas 2,5% é doce, sendo que a maior parte dela está aprisionada em aquíferos subterrâneos e geleiras. Só 0,26% da água doce da Terra está disponível em lagos, reservatórios e bacias hidrográficas, mais acessíveis ao homem. Isso significa dizer que apenas 0,0065% da água na Terra é água doce disponível. Para se ter ideia de quão pouca água é doce e disponível, basta ...

Ritmo de consumo na Ásia pode se tornar insustentável para o continente

Região estará, cada vez mais, dependente de importações; Padrão atual de exploração de recursos não suportará o crescimento econômico e as mudanças no estilo de vida de sua população

Comentário Akatu: A transição para uma sociedade mais sustentável envolve mudanças na maneira como bens e serviços são produzidos e consumidos hoje. De um lado, estarão consumidores mais conscientes e, de outro, empresas dispostas e preparadas para inovar no atendimento às suas demandas, oferecendo-lhes alternativas de produtos e serviços socialmente e ambientalmente mais responsáveis.  Estudos como esse, que aponta a saturação do modelo de crescimento não sustentável prevalente na região da Ásia e do Pacífico, confirmam que é possível e urgente buscar alternativas para alcançar o ...

Mais bem informado, consumidor brasileiro valoriza mais a sustentabilidade que o consumismo

Pesquisa Akatu destaca que os consumidores estão mais bem informados sobre sustentabilidade, têm mais interesse pela Responsabilidade Social Empresarial e estão mais críticos em relação às empresas

















O Instituto Akatu lançou nesta quinta-feira (25/04) a Pesquisa Akatu 2012: Rumo à Sociedade do Bem-Estar. Trata-se da oitava edição da série de publicações sobre Responsabilidade Social Empresarial – Percepção pelo consumidor brasileiro, realizada desde 2000. O levantamento retrata um consumidor brasileiro que, mesmo em um clima econômico de mais consumo, mantém inalterados seus comportamentos cotidianos de consumo consciente, tem mais interesse e maior conhecimento sobre sustentabilidade e sobre ...

Compras locais em vez de globais

Sempre que possível, é melhor para o cidadão, para o meio ambiente, para a sociedade e para a economia o incentivo ao desenvolvimento regional

O primeiro ponto básico para caminhar na direção de uma economia sustentável é considerar que, como se está partindo de uma situação insustentável dos pontos de vista econômico, ambiental, social e individual, o processo de evolução para a sustentabilidade será gradual, passo a passo. Será importante valorizar cada mudança na direção correta mais do que criticar aquelas mudanças necessárias e que ainda não ocorreram.

Para isso, é preciso criar um novo conjunto de valores, uma visão de longo prazo do que é uma sociedade sustentável, visão esta que seja atraente e desejável para ...

Akatu lança Pesquisa 2012: Rumo à Sociedade do Bem-Estar

Material inédito será lançado no dia 25/04 em evento em São Paulo



A série de pesquisas do Instituto Akatu “Responsabilidade Social Empresarial - Percepção do Consumidor Brasileiro” chega à sua 8ª edição. O novo volume da pesquisa será lançado no próximo dia 25/04, com o título “Pesquisa Akatu 2012: Rumo à Sociedade do Bem-Estar - Assimilação e Perspectivas do Consumo Consciente no Brasil & Percepção da Responsabilidade Social Empresarial pelo Consumidor Brasileiro”, e lança um olhar sobre o presente momento de transição do modelo civilizatório e de consumo que vivemos.

O lançamento da pesquisa será acompanhado pela Mesa Redonda ...

China estrutura plano nacional de consumo sustentável e desenvolvimento verde

Grupo de trabalho que cooperará com elaboração do plano para o País conta com participação de diretor-presidente do Instituto Akatu

Com mais de 1,3 bilhões de consumidores e economia em constante crescimento, a questão do consumo sustentável na China é um assunto de suma importância. Com base nisso, foi criada em setembro do ano passado pelo Conselho Chinês para a Cooperação Internacional em Meio Ambiente e Desenvolvimento (CCICED) um Grupo de Trabalho (GT) para o Consumo Sustentável e o Desenvolvimento Verde no País. O GT é presidido por Michael Kuhndt, líder do Centro Colaborativo em Consumo e Produção Sustentável (CSCP, em inglês) e pelo vice-secretário geral do Conselho, ...

Brasileiro associa felicidade mais a bem-estar do que a posse de bens, indica pesquisa do Akatu

Levantamento aponta também que entrevistados preferem as alternativas mais ligadas ao caminho da sustentabilidade do que ao do consumismo

“Para você, o que é felicidade?” Essa foi uma das perguntas que o Instituto Akatu fez a 800 brasileiros de todas as regiões do país no final de 2012. Os resultados da pesquisa mostram que os entrevistados – independentemente de fatores como classe social ou faixa etária – associam sua felicidade muito mais ao bem-estar físico e emocional e à convivência social do que aos aspectos financeiros e à posse de bens. A divulgação desses dados nesta semana marca o Dia Mundial do Consumidor e o aniversário de 12 anos ...

Participe da Hora do Planeta você também!

Akatu apoia campanha mundial que propõe esforço conjunto de economia de energia para conscientizar sobre o impacto de nossos hábitos de consumo

O Instituto Akatu já aderiu à Hora do Planeta 2013 e convida você, sua empresa, escola ou organização a se juntar a esse movimento global, apagando as luzes por uma hora no dia 23/03 e também adotando hábitos mais sustentáveis que possam ir além da data.

A Hora do Planeta é uma campanha mundial da WWF que no ano passado teve a adesão de mais de 130 cidades, incluindo todas as capitais brasileiras. Em todo o mundo, mais de um bilhão de pessoas participaram do movimento em ...

PNUMA anuncia rede on-line sobre produção e consumo sustentável

Plataforma que será lançada oficialmente em maio pretende facilitar compartilhamento de experiências e informações entre pessoas e organizações que trabalham com o tema

No último dia 20 de fevereiro, o PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) anunciou o pré-lançamento da plataforma Global SCP Clearinghouse, criada com o objetivo de ser uma rede on-line de apoio à causa da produção e do consumo sustentável.

Com a meta de ajudar a promover o uso mais eficiente de recursos naturais e a qualidade de vida a nível global, essa rede foi planejada para conectar pessoas e organizações e reunir informações sobre produção e consumo sustentável, traduzindo-se como um “ponto de ...

Para moradores, qualidade de vida em São Paulo piorou em 2012

Levantamento registra menor média dos últimos quatro anos em relação à satisfação da população em temas como mobilidade, meio ambiente e segurança na cidade, entre outros

Pesquisa realizada pela Rede Nossa São Paulo, em parceria com o Ibope, mostrou que, na opinião dos moradores, a qualidade de vida na capital paulista vem piorando nos últimos anos. A média final da avaliação sobre o bem-estar na cidade ficou em 4,7 (em uma escala de 1 a 10), a menor nota desde que a pesquisa começou a ser realizada em 2009.

O levantamento, que também contempla o conjunto de Indicadores de Referência de Bem-Estar do Município (IrBem) 2012, abordou ...

Material escolar: feiras de usados promovem consumo consciente

Como pais, alunos e professores se envolvem com práticas de doação e troca, economizam na conta e ainda contribuem para um futuro sustentável



















Janeiro é época de iniciar a compra do material escolar contido nas listas enviadas pelas escolas para o início do ano letivo. Pesquisar os melhores preços, fazer compras de grande volume em conjunto com os pais de outros alunos, reutilizar materiais do ano anterior, ou trocar materiais com os pais de outros alunos já são práticas comuns. Trocar, doar e passar para frente itens usados como livros, objetos de papelaria em bom ...

Fim de ano com consumo consciente

Saiba como praticar o consumo consciente na época das festas!

O fim do ano chegou e com ele os compromissos que envolvem as celebrações do ano novo e outras festas. Em meio às necessidades que envolvem essas datas, é fundamental perguntar como é possível ter um final de ano mais consciente, e se essas “necessidades” são mesmo tão necessárias assim.

A correria, os estímulos publicitários e pressões sociais muitas vezes facilitam o exagero no consumo nesse período, que pode vir na forma de compra de muitos itens e presentes sem necessidade, na quantidade de comida preparada, muitas vezes jogada fora, ...

Energias renováveis para cidades sustentáveis

“Mundialmente, a maior parte do uso da energia e das emissões de carbono provém de cidades que estão descobrindo modos mais eficientes de gestão, melhorando a qualidade de vida e impactando menos a saúde humana”

Comentário Akatu: Este artigo traz exemplos de geração de energia renovável, com grande potencial de contribuição a uma matriz energética mais limpa. Será necessário longo tempo para que gradualmente se substituam as energias fósseis por renováveis. Para essa transição e depois dela é cada vez mais importante o papel do consumidor. Consumir energia de forma consciente é optar por fontes mais sustentáveis já existentes e demandar do mercado soluções de qualidade e em quantidade adequadas, além de utilizar o necessário para garantir bem-estar, sem desperdício. Demandar ...

Consumismo infantil e publicidade: ato público acontece em Brasília

Manifestação marca tramitação de 11 anos do Projeto de Lei

Instituto Alana promove no dia 12/12 em Brasília um ato público marcando os 11 anos de tramitação do Projeto de Lei (PL) 5.921/2001, que propõe a regulamentação da publicidade dirigida ao público infantil. A manifestação tem o intuito de chamar a atenção do governo e da sociedade civil para a urgência do tema do consumismo e das consequências do excesso de estímulo ao consumo na infância.

Saiba mais


SERVIÇO
Ato Público pela Regulação da Publicidade Infantil
Quando: 12/12/2012 a partir das 11h.
Onde: ...

Você já ouviu falar em água virtual?

Ela está em tudo que você consome



















Em tudo que compramos, desde alimentos e peças de vestuário até aparelhos eletrônicos, existe um consumo de água que muitas vezes está “escondido” e pode não aparecer em sua embalagem, aparência ou conteúdo. Mas essa água virtual, por vezes empregada em um volume bem maior que o esperado, também deve ser considerada quando da escolha de consumir determinados produtos.

Seu uso ocorre durante as etapas produtivas e pode ser desde a água ...

Uma janela para o futuro

“É preciso acelerar a conscientização do consumidor quanto à importância de mudar comportamentos, promovendo o bem-estar com um uso inferior de recursos naturais”

O consumidor deve se preocupar com os impactos de seu consumo? O consumo individual tem um impacto significativo a ponto de justificar que alguém mude a sua forma de consumir? A resposta, definitivamente, é sim. Basta ver o potencial de contribuição de uma única pessoa em um recurso natural tão precioso como a água: ao fechar a torneira para escovar os dentes três vezes ao dia, um único indivíduo pode economizar, ao longo de 70 anos de sua vida, uma quantidade de água ...

Economia de energia: um assunto para tirar do standby

Parte do desperdício de energia ocorre em situações às quais não prestamos atenção

Muita gente acha que economizar energia é uma tarefa difícil. Mas mudar alguns hábitos simples e pequenos pode ajudar você a diminuir seu consumo energético e, consequentemente, sua pegada ecológica no planeta. Uma sugestão prática de como começar é tirando os equipamentos da tomada quando estiverem fora de uso.

Mas por quê? Aparelhos como TV, DVD, ar-condicionado, rádio-relógio, home theater, decodificadores de TV a cabo, sistemas de segurança e micro-ondas são alguns dos equipamentos que podem consumir uma quantidade considerável de energia se a luzinha que indica o ...

Do colapso ao equilíbrio: pelo paradigma da sustentação da vida

“Nós, humanos, não somos os donos do pedaço. Somos apenas um elo dessa corrente”

Especulações sobre o fim do mundo se tornaram piada em qualquer mesa de bar. Parece que superamos o medo de uma destruição total e repentina e resolvemos levar na brincadeira, talvez para não termos que encarar a realidade nua e crua que está diante de nós: estamos, sim, no fim do mundo. O mundo como conhecemos até agora está ruindo.

Vivemos uma crise global que se manifesta em diferentes campos, mas vou me concentrar em dois deles. Oitocentos e setenta milhões de pessoas passam fome, número que representa 12,5% da ...

Futuro Sustentável é uma questão de escolha

Especialista em economia criativa propõe uso mais racional e reaproveitamento de produtos como alternativa para mudar modelo de consumo predominante

Em evento realizado pelo Núcleo de Estudos do Futuro (NEF) da PUC/SP no último dia 31/10 que reuniu cerca de 60 participantes, Lala Deheinzelin, especialista mundial em economia criativa, destacou a necessidade de se modificar a lógica de produção e consumo que temos hoje para alcançar um futuro mais sustentável. Lala afirma que hoje carecemos de processos inteligentes para tornar o que já temos mais sustentável.

Um dos caminhos propostos pela especialista é o melhor uso ou reaproveitamento dos produtos e infraestrutura disponíveis. Por exemplo, no caso do transporte, ...

Confira palestra de Helio Mattar sobre resultados da Rio+20

Diretor-presidente do Akatu analisa o avanço da conferência sob o aspecto da produção e do consumo consciente

O evento “Reflexões sobre os Resultados Corporativos da Rio+20”, realizado na Fundação Instituto de Administração (FIA/USP), contou com a participação de Helio Mattar, diretor-presidente do Instituto Akatu.

Mattar fez uma análise da Rio+20, abordando temas como o ritmo crescente do atual padrão de produção e consumo, a diferença entre consumo e consumismo, e que impactos pode ter o padrão de comportamento que desloca a satisfação das necessidades para a satisfação dos desejos. “A principal força propulsora e operativa da sociedade atual é o consumismo”, alertou.

Além de apresentar os “10 caminhos para a produção responsável e ...

Obesidade infantil é tema de filme da Mostra Internacional de Cinema de SP

“Muito Além do Peso” traz às telas a discussão sobre a epidemia de doenças geradas por má alimentação

O documentário “Muito Além do Peso”, de Estela Renner, está na programação da 36ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. O filme analisa o problema da obesidade infantil com registros feitos em cidades brasileiras e norte-americanas e conta com o depoimento de especialistas da área. A alta incidência de crianças com doenças precoces atribuídas à má alimentação motiva a discussão sobre o papel da família, do Estado, da escola e da indústria na formação e influência sobre o consumo e a alimentação dos mais jovens.

Confira os dias de exibição ...

Você tem medo de quê?

Consumo desenfreado e competição: por que seguimos repetindo esse modelo?

Três informações me chamaram a atenção na última semana e me levaram a escrever esse texto. A primeira delas foi a queda de um menino do quinto andar do Colégio São Bento, no Rio, tradicional escola de classe média alta. As primeiras informações parecem apontar para o fato de que, talvez, o menino tenha se jogado.

A outra foi a informação sobre o índice do medo do desemprego (eu nem sabia que isso era medido!), que cresceu 0,8% em relação a junho, somando 75,3 pontos. O levantamento revela que as pessoas que ganham mais de cinco salários mínimos são as ...

Obsolescência programada pra quem? Pra quê?

Os produtos estão durando menos mesmo. Não é só uma sensação

“A máquina de lavar da minha mãe quebrava muito menos... Minha avó usou o mesmo liquidificador por décadas... Lá em casa, parece que as coisas quebram ou se acabam muito mais rápido.”

Em que reunião de família ou de amigos frases como essas já não foram ditas? E são absolutamente verdadeiras. Não, não parece que as coisas quebram ou se acabam muito mais rápido: os produtos saem da indústria com prazo de validade cada vez mais curto, o que induz o consumidor a comprar um novo. Os produtos têm se tornado ...

Lâmpadas que duram até 20 anos já são realidade

Lâmpadas de LED oferecem mais durabilidade e economia se comparadas às fluorescentes e incandescentes

Depois da substituição das lâmpadas incandescentes pelas fluorescentes como alternativa de economia, as lâmpadas LED (sigla em inglês para diodo emissor de luz) chegam ao mercado com melhor desempenho energético que suas antecessoras e durabilidade média de até 20 anos.

A LED Light Bulb da Philips, ganhadora da premiação americana de iluminação Bright Tomorrow (“Amanhã Brilhante”), é um exemplo dessa geração de lâmpadas. Após 18 meses de testes, a lâmpada chegou ao mercado americano com eficiência de até 90% na emissão de luz (porcentagem aproveitada ...

Rio+20: Propostas sobre consumo são enviadas para líderes

Akatu participa da definição das propostas da sociedade civil que serão encaminhadas para os Chefes de Estado da Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável

Questionar o atual modelo de produção e consumo e apresentar propostas de mudança foram os objetivos dos Diálogos para o Desenvolvimento Sustentável neste domingo (17), realizado no Riocentro, Rio de Janeiro. Os Diálogos são uma iniciativa do governo brasileiro e fazem parte da programação oficial da  Rio+20. A urgência de colocar em prática um novo modelo de produção e consumo foi reforçada no debate pelos especialistas que compuseram o painel “A economia do Desenvolvimento Sustentável, incluindo padrões sustentáveis de produção e consumo”.

O processo dos Diálogos foi proposto pelo ...

Como suas escolhas de consumo impactam as mudanças climáticas

Cada um pode contribuir para desacelerar esse processo

Você sente o ar poluído? O clima abafado? A poluição e a concentração de calor são provocadas pela emissão de gases poluentes decorrentes de várias atividades humanas. Esses gases são lançados na atmosfera quando qualquer item de consumo é produzido, quando nos movimentamos pela cidade, enfim, toda vez que consumimos alguma coisa. O fenômeno se chama efeito estufa, que resulta na elevação das temperaturas no planeta. A consequência disso é um conjunto de mudanças no clima (furacões mais frequentes e mais intensos, mais frio, mais calor, mais chuvas, mais secas etc.) chamados genericamente de aquecimento global.

O que isso tem ...

Reciclagem não impede destruição do meio ambiente

Pesquisador analisa questão da reciclagem frente ao impacto do consumo e da geração de lixo

A reciclagem de garrafas PET, vidros, alumínio e papel ajuda a retardar a degradação ambiental, porém, não resolve o principal problema ambiental vivenciado atualmente pelo planeta: o consumo desenfreado de recursos naturais. “A reciclagem não vai salvar o planeta. Ela é apenas um paliativo que retarda a degradação ambiental”, alerta o pesquisador Hélio Francisco Corrêa Lino.

Em seu doutorado pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, o pesquisador fez um mapeamento extenso das cadeias produtivas de latas de alumínio, papel, garrafas de polipolietileno-tereftalato (PET) e vidro, a ...

Quem ganha e quem perde com a obsolescência programada

Diretora do documentário “The Light Bulb Conspiracy” conversa com o Akatu


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“‘Era uma vez’ quando os produtos eram desenhados para durar muito mais e depois disso seus inventores desapareciam dos noticiários e os produtos sumiam do mercado”. Partindo de algumas lendas que circulam pela internet com esse roteiro, Cosima Dannoritzer escreveu e dirigiu o documentário “The Light Bulb Conspiracy” (em português, “Comprar, trocar, comprar”) que revela a história e os meandros da obsolescência programada.

Obsolescência vem de obsoleto, quer dizer tornar-se antigo, caduco. É algo que pode acontecer naturalmente com qualquer objeto ...

O chocolate vai acabar?

Especialista da Universidade de Sydney aponta que em 10 anos o chocolate poderá se tornar item escasso nos mercados

O aumento do consumo mundial de chocolate, com um crescimento de 2% a 3% ao ano, combinado com possíveis instabilidades ambientais e sociais nas principais áreas produtoras de cacau, principal matéria-prima desse alimento, desponta como um problema no cenário da disponibilidade do produto no futuro.

Em sua fala intitulada a “A Crise do Chocolate” (The Chocolate Crisis), realizada em abril deste ano na Universidade de Sydney, o professor David Guest, especialista em agricultura da Faculdade de Agricultura e Meio Ambiente da Universidade de Sydney, alertou para os riscos que a oferta de chocolate ...

Banco da Água chega ao Rio de Janeiro

Fluminenses poderão transformar litros economizados em descontos ao diminuir o consumo de água em casa

Na semana do Dia Mundial da Água foi inaugurado no estado do Rio o Banco Cyan, que oferece descontos na compra de produtos para quem economizar ou mesmo mantiver estável o consumo residencial de água. O banco, criado em 2011 a partir do “Movimento CYAN - Quem vê água enxerga seu valor”, é uma iniciativa da Ambev em conjunto com concessionárias de tratamento de água e esgoto nos estados de São Paulo e Minas Gerais. Agora chega a 65 municípios fluminenses através da parceria com a CEDAE - ...

Cinema e sustentabilidade: provocações para o consumidor consciente

Análise de filmes sobre consumo da 1ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

Segundo o relatório “Estado do Mundo-2010”, do Worldwatch Institute, publicado em português pelo Instituto Akatu, apenas uma pequena minoria de 16% da humanidade é responsável por 78% do total do consumo no mundo. Isso significa que pouco mais de um bilhão dos sete bilhões de habitantes do planeta se apropriam de quase quatro quintos do total do consumo, enquanto que os restantes seis bilhões de pessoas se apropriam de apenas um quinto deste total.

Além de social e economicamente injusto, esse quadro aponta que, se toda a população do planeta adotasse ...

O que a obsolescência programada tem a ver com você?

Akatu participa de debate sobre consumo na 1ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental
Foto: Rodrigo Paiva
Foto: Rodrigo Paiva

Você sabe o que significa obsolescência programada? Esse “palavrão” faz muito mais parte da vida das pessoas do que se pode imaginar. A produção de bens para durarem um período menor do que a sua vida útil é o foco de um dos filmes exibidos na 1ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental, realizada em março deste ano, em São Paulo.

O documentário “The Light Bulb Conspiracy” (“Comprar, trocar, comprar”, Espanha/França, 2010) traz à tona a discussão sobre o modelo atual de produção e ...

Supermercados param de distribuir sacolinhas plásticas em São Paulo

A partir de hoje elas não serão mais gratuitas

Em agosto de 2011, a Associação Paulista de Supermercados (APAS) anunciou a campanha “Vamos tirar o planeta do sufoco” para acabar com a distribuição de sacolinhas plásticas nos seus supermercados associados. A proposta era substituir as sacolinhas por uma opção mais durável, como são, por exemplo, as sacolas retornáveis.

A campanha foi lançada no dia 25 de janeiro deste ano, mas gerou polêmica entre os consumidores. Muitos reclamaram de falta de informação e de ter que levar sacolas aos supermercados para transportar compras. Diante das reclamações dos consumidores, o Procon acionou o Ministério Público indicando que uma mudança brusca de ...

15 de Março – Dia Mundial dos Direitos do Consumidor

Qual o papel do consumo na sua vida?

Hoje é o Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, um dia que marca a construção dos direitos das pessoas a terem acesso ao consumo de produtos com a qualidade prometida, preços justificados e informação adequada.

É também um dia de todos nós. Todos consumimos, apesar das diferenças sobre quanto, como e o quê consumimos.

Em princípio, consumir é uma ação meio para obtermos algum tipo de satisfação – de fome, sede, frio, prazer. Porém, na sociedade atual, o consumo adquiriu outros significados. Consumir pode significar ter mais ...

15 de Março – Dia Mundial dos Direitos do Consumidor

Qual o papel do consumo na sua vida?

Hoje é o Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, um dia que marca a construção dos direitos das pessoas a terem acesso ao consumo de produtos com a qualidade prometida, preços justificados e informação adequada.

É também um dia de todos nós. Todos consumimos, apesar das diferenças sobre quanto, como e o quê consumimos.

Em princípio, consumir é uma ação meio para obtermos algum tipo de satisfação – de fome, sede, frio, prazer. Porém, na sociedade atual, o consumo adquiriu outros significados. Consumir pode significar ter mais força ou ser melhor sucedido, independentemente do que se consome e de ...

1ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental propõe reflexão sobre meio ambiente

Entre os mais de 40 filmes da mostra, os inéditos no Brasil “Food, Inc.” e “Bag it” discutem o consumo

Acontece na próxima semana, em São Paulo, a 1ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental. De 15 a 22 de março, serão exibidos gratuitamente mais de 40 filmes que têm como protagonista o meio ambiente. Além da exibição de longas, médias e curtas, a mostra conta com debates, homenagens e participação de convidados internacionais.

A programação será guiada por seis eixos temáticos: Ativismo, Povos e Lugares, Consumo, Energia, Água e Mudanças Climáticas. Haverá ainda filmes organizados para apresentarem um Panorama Histórico sobre o meio ambiente e a sustentabilidade e uma Mostra Infantil. ...

Sacolas plásticas: transportar compras também entra no planejamento

Em debate no programa NBlogs da Rede Record, Ludmila Frateschi, gerente de comunicação do Instituto Akatu, comenta alternativas para substituir as sacolas plásticas no cotidiano. Rachel Azzari, educadora ambiental, e Denis Freire de Almeida, editor do Portal R7, também participaram do debate. O programa foi ao ar em 14 de março.

Clique aqui para assistir ao vídeo.

 

 

Leia mais:
- Descobertas de uma semana sem sacolinhas descartáveis
- Fim de sacolas plásticas valoriza o durável

 

Siga no twitter.
Curta no facebook.

Sacolinhas: supermercados oferecerão alternativas gratuitas até março

Em entrevista ao SPTV, da Rede Globo, Helio Mattar, diretor-presidente do Instituto Akatu, indica alternativas às sacolinhas plásticas. Até março, os supermercados oferecerão opções gratuitas aos consumidores para transporte de compras. A matéria foi ao ar em 4 de fevereiro.

Clique aqui para assistir ao vídeo.







Saiba mais:
- Descobertas de uma semana sem sacolinhas descartáveis
- Fim de sacolas plásticas valoriza o durável


Siga no twitter.
Curta no facebook.

Programa produz energia a partir do descarte correto de sapatos esportivos

Recolhimento e reaproveitamento de calçados esportivos estimula consumo consciente em São Paulo

 No último dia 24, foi lançado o programa Pegada Sustentável, iniciativa voluntária de logística reversa realizada pela marca Adidas em parceria com a empresa RCRambiental. O objetivo do programa é minimizar os impactos ambientais causados pelo descarte inadequado dos calçados esportivos. Desta forma, o Programa presta um serviço relevante ao consumidor mais consciente dos impactos de seu consumo. O programa dá a esse consumidor  a chance de valorizar a empresa que cuida dos aspectos ambientais e sociais de sua produção e, ao mesmo tempo, de descartar adequadamente os seus ...

Descobertas de uma semana sem sacolinhas descartáveis

As 6 perguntas que o consumidor precisou responder para conseguir mudar seus hábitos

Ao longo da semana, o Akatu foi abordado por diversos consumidores e por diferentes veículos de mídia para opinar sobre o fim das sacolinhas plásticas nos supermercados de São Paulo. Recebemos questões de pessoas dispostas a colaborar com a minimização de resíduos no planeta, mas com dificuldades para compreender por que as sacolinhas são tão importantes e com dificuldades práticas para substituí-las. O Akatu resolveu então publicar as respostas às questões mais frequentes, a fim de facilitar o processo de mudança de comportamento por parte dos consumidores.




1. Qual ...

Veja o debate entre a indústria do plástico e o Akatu

O programa Entre Aspas, da Globo News, convidou Helio Mattar, diretor-presidente do Instituto Akatu, e Miguel Bahiense, presidente da Plastivida – Instituto Sócio-Ambiental do Plástico, para debaterem sobre o fim das sacolas plásticas no Estado de São Paulo, poluição ambiental e alternativas para essa questão. A matéria foi ao ar em 31 de janeiro.

Clique aqui para assistir ao vídeo.

 

 

 

Leia mais:
- Descobertas de uma semana sem sacolinhas descartáveis
- Fim de sacolas plásticas valoriza o durável


Siga no

Sacolinhas plásticas: repensando atitudes do dia-a-dia

Ideias para transportar compras, armazenar o lixo e evitar o desperdício

Em reportagem do Fantástico, da Rede Globo, Estanislau Maria, coordenador de conteúdo do Instituto Akatu, dá dicas de como substituir o uso das sacolas plásticas descartáveis. O foco da ação dos supermercados ao não fornecer gratuitamente as sacolinhas é diminuir a produção e o consumo desse material. A matéria foi ao ar em 29 de janeiro.

Clique aqui para assistir ao vídeo





Leia mais:
- Fim de sacolas plásticas valoriza o durável

- O ciclo das sacolas plásticas

Fim de sacolas plásticas valoriza o durável

Elas são descartáveis e, por isso, incompatíveis com um futuro sustentável no longo prazo

Nesta quarta-feira (25/1), diversos supermercados, incluindo os das três maiores redes (Grupos Carrefour, Walmart e Pão de Açúcar; todos apoiadores estratégicos do Akatu), deixaram de oferecer gratuitamente a seus consumidores as sacolas plásticas descartáveis gratuitas para o transporte de compras. A medida tem gerado polêmica. As sacolas plásticas são responsáveis por originar grande quantidade de lixo, demoram para se decompor na natureza e causam impactos negativos sérios sobre o meio ambiente. Para se ter uma ideia da dimensão, basta dizer que as 14 bilhões de sacolas produzidas ...

Veja alternativas às sacolas plásticas para o seu dia-a-dia

Com o fim das sacolinhas, conheça outras formas de transportar as compras e acondicionar resíduos dentro de casa

Em reportagem do programa SPTV, da Rede Globo, Ana Maria Wilheim, diretora executiva do Instituto Akatu, explica os benefícios ambientais da substituição das sacolas plásticas descartáveis pelas retornáveis. Engradados e caixas de papelão também podem ser usados para transportar as compras. A matéria foi ao ar em 23 de janeiro.

Clique aqui para assistir ao vídeo.

 

 

Leia mais:
- Fim de sacolas plásticas valoriza o durável

- O ciclo das sacolas plásticas

- Veja alternativas às sacolas plásticas para o seu dia-a-dia

Cresce o poder de escolha das mulheres da classe C

Pesquisa indica que ascensão econômica lhes dá um poder de escolha ampliado

A mulher da chamada “nova classe C” é arrimo de família e decide as compras da casa. A renda média do que se define como classe C cresceu 62% entre 2002 e 2010. Entre as mulheres deste grupo, o aumento é significativamente maior – 78%. O resultado disso é que elas já respondem por 70% das decisões de compra, delas e da família. É o que revela a pesquisa da Editora Abril, realizada entre março e julho de 2011, pelo Data Popular.

Com um aumento significativo de renda, as ...

Pimentão, morango, pepino e alface são os mais contaminados

Anvisa analisou 18 alimentos: até 92% das amostras estavam contaminadas – só a batata não registrou contaminação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) analisou 18 vegetais produzidos no Brasil e encontrou contaminação por agrotóxicos em 17. Em quatro deles mais da metade das amostras estavam contaminadas: pimentão,  com 92% de reprovação para consumo; morango, com 63%; pepino, com 57%, e a alface, com 52%.

Segundo as análises, as amostras reprovadas continham concentrações de produtos químicos acima do limite aceitável ou vestígios de pesticidas indicados para outras lavouras – um agrotóxico recomendado para o cultivo de eucalipto, por exemplo, usado numa lavoura de tomate.

Os dados estão no relatório do Programa de Análise ...

Veja como diminuir resíduos de agrotóxicos nos alimentos

Recomendação é lavar os produtos em água corrente; apenas olhando é praticamente impossível identificar vestígios dos pesticidas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou na terça-feira (6/12), resultados de um estudo que identificou contaminação por agrotóxicos em amostras de 17 dos 18 alimentos analisados. A olho nu não é possível identificar essas substâncias nos produtos, e a exposição a elas pode causar sérios danos à saúde humana.

“Além de não ser possível identificar alimentos que foram produzidos com uso de agrotóxicos, também não dá para eliminá-los. Mas é possível diminuir a presença deles nos produtos com uma boa lavagem”, afirma Sidinea Cordeiro de Freitas, engenheira química e especialista em ...

Países acertam novo acordo global para reduzir emissões de CO2

COP17, na África do Sul, renovou protocolo de Kyoto, ainda sem a inclusão de EUA, China, Índia e Brasil; metas obrigatórias para todos só em 2020

Os 200 países signatários da Convenção Quadro das Nações Unidas Sobre Alterações Climáticas (UNFCCC, na sigla em inglês), reunidos na COP17 em Durban, na África do Sul, decidiram renovar o protocolo de Kyoto até a criação de um novo acordo global climático para todos os países integrantes da UNFCCC.

Criado em 1997, o Protocolo de Kyoto é o único acordo obrigatório sobre a questão climática e vigora até 2012. Ele obriga apenas as nações desenvolvidas do hemisfério norte a reduzir suas emissões de gases de efeito estufa em 5,2%, entre 2008 ...

Use o 13º salário para entrar em 2012 com as contas no azul

Renda extra é uma ótima oportunidade para começar o ano sem turbulências financeiras; planejamento é fundamental, dizem especialistas

Empresas e empregadores já pagaram a primeira parcela do décimo terceiro salário. A segunda parte deve chegar até 20 de dezembro. A renda extra é um forte atrativo para as compras do Natal, mas também uma ótima oportunidade para deixar as turbulências financeiras para trás e começar o novo ano com as contas em ordem. Juros do cartão, parcelas de empréstimos e prestações de financiamentos fazem parte da realidade financeira de boa parte dos brasileiros e são dívidas que, se possível, não devem ser transferidas ...

Pratique os “Oito R’s” neste fim de ano

Planeje bem suas compras, festas e férias: reflita, reduza, reutilize, recicle, respeite, repare, responsabilize-se e repasse

1. Refletir: Lembre-se de que qualquer ato de consumo causa impactos do consumo na sua vida, na sociedade, no país e no planeta. Procure potencializar os impactos positivos e minimizar os negativos;

2. Reduzir: Exagere no carinho e no amor, mas evite desperdícios de produtos, serviços, água e energia;

3. Reutilizar: Use até o fim, não compre novo por impulso. Invente, inove, use de outra maneira. Talvez vire brinquedo, talvez um enfeite, talvez um adereço...

4. Reciclar: Mais de 800 mil famílias vivem da reciclagem hoje ...

Brasil lança plano de produção e consumo sustentáveis

Proposta é do Ministério do Meio Ambiente, que consultou a população para chegar ao texto final; Akatu integra o Comitê Gestor

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) divulgou na quarta-feira (23/11), a versão final do Plano de Ação para Produção e Consumo Sustentáveis (PPCS). O documento apresenta estratégias que o governo irá adotar para promover uma produção mais limpa e um consumo mais responsável de produtos. O objetivo é tornar a economia brasileira mais sustentável e de baixo carbono.

Educação para o consumo sustentável, construções sustentáveis, agenda ambiental na administração pública, varejo e consumo sustentáveis, compras públicas sustentáveis e aumento da reciclagem de resíduos sólidos são as prioridades inicialmente apontadas na

Verdades e mitos sobre vírus de computador para o consumo consciente de eletroeletrônicos!

Brasil lança plano de produção e consumo sustentáveis

Proposta é do Ministério do Meio Ambiente, que consultou a população para chegar ao texto final; Akatu integra o Comitê Gestor

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) divulgou na quarta-feira (23/11), a versão final do Plano de Ação para Produção e Consumo Sustentáveis (PPCS). O documento apresenta estratégias que o governo irá adotar para promover uma produção mais limpa e um consumo mais responsável de produtos. O objetivo é tornar a economia brasileira mais sustentável e de baixo carbono.

Educação para o consumo sustentável, construções sustentáveis, agenda ambiental na administração pública, varejo e consumo sustentáveis, compras públicas sustentáveis e aumento da reciclagem de resíduos sólidos são as prioridades inicialmente apontadas na

TJ derruba lei que proíbe distribuição de sacolas plásticas em São Paulo

Nova regra passaria a vigorar a partir de 1º de janeiro; prefeitura diz que vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal

Por enquanto, nada muda: supermercados, farmácias, papelarias, padarias e todo o varejo podem continuar a distribuir sacolinhas plásticas para carregar compras. Esta foi a decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), que derrubou recurso da Prefeitura de São Paulo e manteve liminar do setor do plástico que suspende a lei municipal que proíbe a distribuição e a venda de sacolinhas plásticas no comércio varejista da cidade.

A proibição de venda e distribuição das sacolinhas entraria em vigor no próximo dia 1º de janeiro. A prefeitura já anunciou que ...

Livro traz ações do poder público para o consumo consciente da madeira

Obra da Rede Amigos da Amazônia será lançada e distribuída gratuitamente no próximo dia 29, em São Paulo

A Rede de Amigos da Amazônia lança no próximo dia 29 de novembro, em São Paulo, o livro “Poder público e consumo de madeira: desafios e alternativas para a gestão responsável da madeira amazônica”. Assinada por pesquisadores membros da rede especialistas em sustentabilidade e em administração pública, a publicação aponta os desafios e possíveis alternativas para o consumo sustentável de madeira da região amazônica, destacando o importante papel do poder público como regulador do consumo consciente do produto.

“A obra tem o objetivo de municiar gestores públicos com ideias sobre ...

Horário de verão pode reduzir consumo de energia em até 4,6%

Relógios foram adiantados em uma hora à meia noite de sábado (15/10) em 11 Estados do país.

Está em vigor desde meia noite de sábado (15/10) o horário de verão, quando os relógios foram adiantados em uma hora. A medida vale para 11 estados – nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, incluindo o Distrito Federal, além da Bahia. O novo horário terminará à zero hora do dia 26 de fevereiro de 2012. Mais do que um ambiente agradável para o happy hour, a mudança pode proporcionar economia no consumo de energia em até 4,6% em toda área contemplada, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Para comemorar o Dia do Consumo Consciente, Piquenique- se!

Instituto Akatu lança campanha para realização de piqueniques em todo o Brasil, no domingo 16 de outubro

Em comemoração ao Dia do Consumo Consciente, o Instituto Akatu convida a população de todo o país para invadir praças e parques no domingo, dia 16, e fazer piqueniques. O que o Akatu quer incentivar é a prática do bem estar, ao mesmo tempo em que desperta as pessoas para ações de consumo consciente, desde o planejamento do piquenique, para que ele ocorra do jeito mais sustentável possível, até o descarte dos resíduos.

E você, vai ficar de fora? Piquenique-se!!!

“Mais do que um evento para reunir as pessoas de quem ...

Dia do Consumo Consciente foi instituído em 2009

Data é nacional e foi criada pelo Ministério do Meio Ambiente; lutas por direitos civis iniciaram movimentos de consumidores nos EUA ainda no século 19

O 15 de outubro foi instituído como dia do Consumo Consciente pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) em 2009, para despertar a consciência do público para os problemas sociais, econômicos, ambientais e políticos causados pelos padrões de produção e consumo excessivos e insustentáveis ora praticados.

No âmbito internacional, em 2008, a Consumers International (CI) promoveu uma mobilização mundial na mesma data para marcar a importância da educação para o consumo sustentável. O movimento Global Consumer Action Day contou com a adesão de mais de 40 instituições membros da CI e outros grupos ...

Consumo de arroz e feijão cai com o aumento da renda

Por outro lado, cresce o consumo de frutas e verduras, mas também o de gorduras

A renda mensal da microempresária Fernanda Laís Almeida, 27 anos, aumentou de R$ 600 para quase R$ 4.000 nos últimos dois anos. Ela saiu da casa da mãe e “automaticamente” abriu mão do arroz e feijão que comia todos os dias. Fernanda conta que “compensa” a falta do prato tradicional com pequenas refeições que faz durante o dia, na rua, visitando clientes.

“No meu carro sempre tem frutas e compro salgadinhos, chocolates, para manter o estômago tranquilo, por isso, meu almoço também é rápido”, justifica. E, pelo menos duas ou três vezes por ...

“Brasileiros ignoram a responsabilidade que têm sobre o que comem”

“É preciso uma educação sistêmica por uma alimentação equilibrada, sem apontar vilões” diz a antropóloga e pesquisadora em consumo Lívia Barbosa

A questão da adequação da dieta do brasileiro passa por uma reeducação da sociedade como um todo, considerando, inclusive, questões culturais. É o que defende a antropóloga Lívia Barbosa, diretora de pesquisa do Centro de Altos Estudos da Propaganda e Marketing da Escola Superior de Propaganda e Marketing (CAEPM/ESPM), doutora em antropologia social e integrante do Conselho Acadêmico do Instituto Akatu. Ela conversou com o Akatu sobre a Análise de Consumo Alimentar Pessoal no Brasil, da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2008-2009, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Veja os principais ...

Rio+20: Balanço global

Não é um evento do qual se possa esperar produto acabado, é um “momento intenso" de encontro e de avanços

Comentário Akatu: O atual modelo de produção e consumo, caracterizado por enormes oportunidades de redução de desperdício, é seguramente o principal fator de ameaça à sustentabilidade da vida no planeta, e, portanto, à qualidade de vida individual e coletiva, à economia global, aos recursos naturais do planeta e ao bem estar das gerações futuras. Um novo modelo de produção pode fazer muito por uma maior sustentabilidade, mas não o suficiente para que se garanta o equilíbrio dos ecossistemas naturais e das relações sociais. Somente se também houver um consumo que se paute ...

Diretor-presidente do Akatu será palestrante da Conferência Ethos

Evento que vai contribuir para a Rio +20 terá Helio Mattar na discussão sobre novos padrões de produção e consumo para a sustentabilidade

A edição 2011 da Conferência Ethos, que será realizada nos dias 8 e 9 de agosto, no Centro Fecomércio de Eventos, em São Paulo, vai debater as etapas para se alcançar uma economia verde, inclusiva e responsável por parte de empresas, governos e sociedade. Preparada com a participação conjunta de 35 organizações, entre elas o Instituto Akatu pelo Consumo Consciente, o objetivo dos organizadores é elaborar uma agenda de propostas e reflexões que contribuirá para as discussões da Rio +20, evento organizado pela ONU para o ano que vem.

Composta por 14 ...

Água reutilizada da máquina de lavar gera economia de até 27% na conta

Sistema inteligente reaproveita o recurso que iria direto para o esgoto em atividades como a lavagem de calçadas

Um sistema que reusa a água da máquina de lavar desenvolvido pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) reduz, em média, o gasto na conta de água residencial em até 27%. O projeto está sendo desenvolvido em 40 residências do bairro CPA III, em Cuiabá (MT), a um custo de R$ 1.100 por instalação, com verba do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

A invenção consiste em dois reservatórios e uma bomba de água. A primeira água da lavagem de roupas, que contém matéria orgânica e sabão, é jogada ...

O chiclete que você mastiga pode ter sido um dinossauro no passado! Descubra tudo no Akatu Mirim!

 

 

...

Demografia e padrões de consumo

Se a população emergente adotar os padrões de consumo (alimentar e não alimentar) existentes nos Estados Unidos será impossível preencher as necessidades de todos

Seria muito mais fácil lidar com os limites que a resiliência dos ecossistemas impõem às sociedades humanas caso o horizonte demográfico não fosse de expansão tão intensa como se prevê hoje. Essa ideia costuma suscitar aversão pelo fato de evocar a lembrança de tentativas autoritárias e ineficientes de controle populacional, aplicadas em diversos países em desenvolvimento e no sul da Ásia em particular. O que hoje se sabe a respeito da transição demográfica é que a menor mortalidade de bebês e crianças pequenas é um dos determinantes decisivos da redução ...

Consumidores já podem resgatar seus créditos da Nota Fiscal Paulista

Dinheiro poderá ser transferido para as contas corrente ou poupança do beneficiado ou ainda utilizá-do para abatimento no IPVA

Consumidores paulistas ou quem fez compras no Estado de São Paulo ao longo do último semestre de 2010 e pediu para incluir o CPF na Nota Fiscal, pode resgatar os créditos a partir desta terça-feira (19/4). O valor repassado ao comprador por meio da Nota Fiscal Paulista (NFP) poderá ser transferido para conta corrente, poupança e ele ainda pode utilizá-lo para abatimento no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2012.

O resgate deve ser feito por meio do site da Secretaria da Fazenda de ...

Cinco bilhões de habitantes em 70 anos

Mas a poluição e o empobrecimento da biosfera não entram nos cálculos do Produto Interno Bruto, por José Eustáquio Diniz Alves

A humanidade gastou um tempo enorme para chegar a 2,5 bilhões de habitantes, no ano de 1950. Mas chegou a 5 bilhões em 1987 e deve chegar a 7,5 bilhões em 2020, segundo dados da divisão de população das Nações Unidas. Ou seja, em apenas 70 anos, o mundo terá acrescentado 5 bilhões de habitantes, o dobro alcançado em milhões de anos de evolução da raça humana.

Em parte este alto crescimento demográfico pode ser comemorado, pois o aumento do número de habitantes veio acompanhado do aumento da esperança de vida ...

Por uma nova concepção de desenvolvimento

Desenvolvimento é desdobrar as potencialidades existentes nas pessoas e na sociedade para que todos tenham vida e possam viver bem, por Ivo Lesbaupin

A maior crise econômica mundial desde 1929 eclodiu publicamente em 2008. Ela foi produzida pelas políticas neoliberais e pela globalização econômica implementadas nos últimos 30 anos. Em poucos dias, os dogmas neoliberais foram derrubados e as consequências da economia de mercado desregulada ficaram mais evidentes: desemprego, exclusão, aumento da desigualdade social, violência. Tudo isso aliado a uma enorme destruição ambiental. Mesmo desnudado, porém, o capital financeiro não desistiu do seu caminho.

A saída da crise mundial não pode ser a retomada do crescimento econômico anterior, apoiado ...

Brasil supera meta e evita uso de 5 bilhões de sacolas plásticas em 2010

Resíduo usa petróleo em sua cadeia de produção, leva muito tempo para se decompor e, descartado incorretamente, provoca enchentes

Desde junho de 2009, quando o Ministério do Meio Ambiente (MMA) lançou a campanha Saco é um Saco, os consumidores brasileiros deixaram de usar 5 bilhões de sacolas plásticas descartáveis, segundo dados do MMA divulgados no dia 5 de janeiro. A ação pretendia reduzir em 10% o consumo do material até o final de 2010, tendo como base o ano de 2009, quando foram produzidas 15 bilhões de sacolas no Brasil. A meta foi ultrapassada, chegando a 33% de redução.

Ao desestimular o consumo ...

Consumo e direitos humanos

O Brasil ainda é uma sociedade muito desigual, e esta desigualdade também se reflete nas empresas, por Ricardo Young

A versão 2010 da pesquisa dos Institutos Ethos e Akatu a respeito da percepção do consumidor brasileiro sobre a responsabilidade social empresarial mostrou alguns resultados interessantes para a discussão do desenvolvimento sustentável.

A pesquisa constata que o consumidor "médio", hoje, é de classe C, tem entre 16 e 44 anos e escolaridade até o nível médio. De modo geral, trata-se de alguém com baixo engajamento no debate sobre sustentabilidade e, embora se preocupe com a degradação da natureza, não relaciona o problema com o seu cotidiano. A sustentabilidade ainda é vista ...

Relatório da WWF diz que humanidade já consome 50% mais recursos do que a Terra consegue oferecer

Perda, alteração e fragmentação de habitats, exploração de espécies selvagens, poluição e mudança do clima são as principais ameaças

Nos últimos 40 anos, o consumo excessivo dos recursos naturais cresceu a um ritmo acelerado e hoje já consumimos 50% mais do que a capacidade de renovação do planeta, seja em ar limpo, água potável, terra ou recursos naturais e agrícolas. O resultado desse excesso é a perda da biodiversidade mundial, que chegou a 30% no período.

Os dados são da edição de 2010 do Relatório do Planeta Vivo, da Rede WWF, publicada mundialmente na quarta-feira (13/10). Produzido a cada dois anos, o levantamento mede a saúde de quase 8.000 populações de mais de 2.500 espécies.

A pegada ecológica, um dos indicadores da ...

Carne de marca própria do Walmart permite consumidor rastrear origem do produto

Pelo código de barras, clientes podem consultar, pela internet, todo o processo da cadeia produtiva do alimento; até o final do ano, itens do hortifruti vão integrar o programa

O Walmart Brasil, parceiro estratégico do Akatu, está comercializando carne de marca própria “Campeiro”, que permite ao cliente saber, pelo site da empresa, todo o processo da cadeia produtiva do item por meio do código de barras disponível na embalagem. A iniciativa integra o programa “Qualidade Selecionada, Origem Garantida”, lançado pela empresa no início do mês, durante o Fórum do Varejo 2010, realizado em São Paulo.

Atualmente, apenas as lojas do Estado de São Paulo oferecem a carne e, segundo a empresa, até meados de setembro, o programa chega a todos os Estados do Brasil.

Na ...

MTV na Rua - Consumo, logo existo

Leia aqui.

Portal da Propaganda - Pensando na importância do consumo consciente

Leia aqui.

Portal Fator Brasil - Yuni Pratica Consumo Consciente

Leia aqui.

Residências consomem 72% de energia solar gerada no país

Atualmente, mais de metade da energia térmica solar produzida em território nacional é demandada por casas e apartamentos; no mundo, o Brasil ocupa o sexto lugar no uso da energia do sol

As residências brasileiras são responsáveis pelo consumo de 72% da energia térmica solar – aquela que é usada para o aquecimento de água - gerada no país. Piscinas construídas dentro no território nacional consomem 17%; o setor de serviços 9% e a indústria 2%. São pouco mais de 5 milhões m2 em placas de coleta de energia solar instalada no país. Em média, o sistema residencial tem dois metros quadrados, o que significa que mais de 2 milhões das 53 milhões de residências brasileiras possuem o sistema. Os dados são do Departamento Nacional ...

Gife - Relatório mostra consumo mundial irresponsável

Leia aqui.

Akatu participa de evento do TED Global

Diretor presidente do instituto, Helio Mattar, fala dos impactos individuais no TED University, em Oxford, na Inglaterra

“Hoje, a humanidade consome todos os dias recursos naturais em volume equivalente ao de 112 Empire State Buildings. Além de excessivo, o consumo é desigual. Apenas 16% da população mundial são responsáveis por 78% desse consumo, ou seja, cada integrante dessa elite cria um enorme buraco de 32 m3 no planeta a cada ano.”
Esses foram alguns dos dados apresentados pelo diretor-presidente do Instituto Akatu, Helio Mattar, na terça-feira (13/7), em usa apresentação “Matemática dos Impactos Individuais” no TED University, evento no âmbito do TED Global.

Neste ano, o TED Global ...

Em 2011, eletrodomésticos com selo Procel vão consumir ainda menos energia

Geladeiras, máquinas de lavar e fogões terão que seguir normas mais rigorosas de eficiência energética

A designer Alessandra Vaz passa muito pouco tempo dentro de casa, onde mora sozinha. Ela lava roupa uma a duas vezes por semana e usa o microondas, no máximo, três vezes por semana. No final de cada mês, a conta de luz nunca passa de R$ 18,00. Isso porque todos os seus eletrodomésticos têm o selo Procel com classificação A, que garante a maior eficiência no consumo de energia. “Tive a sorte de começar a morar sozinha justamente quando havia o incentivo fiscal do governo para produtos de linha branca e fiz questão de comprar ...

Eletrodomésticos com selo Procel vão consumir ainda menos energia

A partir de 2011, geladeiras, máquinas de lavar e fogões terão normas mais rigorosas de eficiência energética e devem consumir menos energia elétrica

A designer Alessandra Vaz passa muito pouco tempo dentro de casa, onde mora sozinha. Ela lava roupa uma a duas vezes por semana e usa o microondas, no máximo, três vezes por semana. No final de cada mês, a conta de luz nunca passa de R$ 18,00. Isso porque todos os seus eletrodomésticos têm o selo Procel com classificação A, que garante a maior eficiência no consumo de energia.

“Tive a sorte de começar a morar sozinha justamente quando havia o incentivo fiscal do governo para produtos de linha branca e fiz questão de comprar ...

PUC Notícias - Relatório internacional aponta consumo desenfreado

Leia aqui.

Malagueta Comunicação - Consumo, cultura e sustentabilidade

Leia aqui.

Consumidor Moderno - 99% da população brasileira não pratica consumo consciente

Leia aqui.

Um sexto da humanidade consome 78% de tudo que é produzido no mundo

Instituto Akatu e Worldwatch Institute (WWI), organização com sede em Washington, lançaram na manhã de quarta-feira (30/6), versão em português do relatório “Estado do Mundo – 2010”

Produzido pelo WWI, o “Estado do Mundo” traz anualmente um balanço com números atualizados e reflexões sobre as questões ambientais. Este ano, em parceria com a WWI, o Akatu fez a tradução do documento para o português.

Um dos dados que mais chama atenção no relatório é que ele aponta que apenas um sexto da humanidade consome 78% de tudo que é produzido no mundo. E conclui “sem uma mudança cultural que valorize a sustentabilidade em vez do consumismo, nada poderá salvar a humanidade dos riscos ambientais e de mudanças climáticas.

EcoDebate – Dados do “Estado do Mundo” mostram que consumo cresceu seis vezes em 50 anos

Leia aqui.

O Estado de S. Paulo Onlien – Consumo cresce seis vezes em 50 anos

Leia aqui.

Cacos de madeira viram brinquedos

Casal começou confeccionando para os filhos, hoje mantém empresa que usa sobras e matéria prima certificada

No final dos anos 1990, quando Pedro tinha dois anos, seus pais, o engenheiro eletrônico Maurício Gilson, hoje com 48 anos, e a professora de história Mari Orba, hoje com 43, resolveram juntar alguns cacos de madeira que tinham em casa e confeccionaram um boneco para ele. Logo depois, nasceu Gabriela, que também ganhou bonecas do mesmo material feitas pelos pais.

Hoje, o casal é dono da Magoo Brinquedos, uma empresa familiar brasileira que confecciona brinquedos interativos feitos de madeira e que já conquistou o mercado internacional, exportando para países ...

Akatu realiza oficina durante Conferência Internacional Ethos

Participantes debateram estratégias das empresas para dialogar com o consumidor num mundo mais sustentável

Estabelecer um diálogo de qualidade com seus consumidores será algo cada vez mais exigido das empresas. Considerando que o consumidor atual já é capaz de valorizar as práticas de sustentabilidade das empresas de quem consome, e considera atributos de sustentabilidade na hora da compra, o Instituto Akatu realizou a Oficina “Estratégias das Empresas para Dialogar com o Consumidor num Mundo Mais Sustentável”.

“A criação de estratégias nessa direção pode representar um grande diferencial competitivo no mercado e, ao mesmo tempo, constitui uma chance de grande contribuição ao movimento de conscientização de ...

“Metas do Milênio da ONU só serão cumpridas com consumo sustentável”

Subsecretário das Nações Unidas Sha Zukang alertou ministros de 53 estados-membros

Osubsecretário-geral para Questões Económicas e Sociais da Organização das Nações Unidas (ONU), o diplomata chinês Sha Zukang, disse que mundo só irá cumprir as Metas do Milênio se houver uma mudança na maneira como os recursos da terra são consumidos. Segundo Zukang, a mudança de comportamentos de consumo que não são sustentáveis é crucial para a preservação do equilíbrio ecológico e da vida humana no planeta.

O pronunciamento foi feito na última segunda-feira (3/5), durante a sessão de abertura da 18ª sessão da Comissão da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável (CSD-18), em Nova York.

O encontro da ...

Consumo e aquecimento global: quanto tempo mais vamos demorar a perceber?

Conferência das Mudanças Climáticas, a COP-15, não abordou o poder transformador do consumidor e a mudança nos estilos de vida das sociedades

O Instituto Akatu esteve presente na 15ª Conferência das Partes sobre Mudanças Climáticas (COP-15), em Copenhague. O objetivo era analisar como o consumo estaria sendo pautado nas discussões de mudanças climáticas, além de buscar introduzir as questões relacionadas ao consumo nos eventos paralelos.

Naturalmente, dentro da linha trabalhada pelo Akatu, trata-se de introduzir a questão do poder contido nos atos individuais de consumo, que podemos ser e fazer a mudança de comportamentos para contribuir com a sustentabilidade da vida no planeta. Nesse sentido, é uma reflexão sobre o estilo de vida, sobre o ...

A indústria do plástico reage à campanha “Saco é um saco”

Plásticos podem ser bons, mas as sacolinhas plásticas não são, e significam um passivo ambiental que legamos para muitas gerações

Mudar hábitos e padrão de consumo não é tarefa fácil nem ocorre por “geração espontânea”, repentinamente, sem que algum fator novo surja no cenário e nos motive a agir de modo diferente. O fator novo é a crise ambiental, sem precedentes, e a consciência ecológica que vem aumentando no mundo inteiro, como mostram várias pesquisas. Como conseqüência, aumenta a disposição de todos os setores sociais de contribuírem para uma solução coletiva para os problemas criados pelo modelo atual de apropriação dos recursos naturais e dos bens ambientais.

Este modelo, baseado na ...

Consumo é a chave para a sustentabilidade na Amazônia

Estudo de Ignacy Sachs propõe modelo não predatório de exploração da floresta e destaca a importância de conscientizar o consumidor

Hoje, enquanto 75% da população mundial têm apenas o mínimo ou até menos do necessário para sobreviver com alguma dignidade, os restantes 25% consomem muito mais do que realmente precisam. Existem vários outros dados preocupantes, mas apenas este é suficiente para, de maneira definitiva e prioritária, colocar na mesa de discussão a realidade à que a humanidade tem virado as costas: o modelo de vida atual não é sustentável e, se não houver mudança de comportamento, tanto o planeta como a humanidade correm sérios riscos.

Mais preocupante ainda é que predominam práticas e modelos que estimulam o consumismo e a ...

Consumo no divã

Psicanalista trabalha o peso dos aspectos emocionais nas decisões de consumo

Que razões levam as pessoas a gastar mais do que ganham? Por que compramos coisas que não nos serão úteis? Por que agimos por impulso na hora em que devíamos decidir com a razão? Afinal, por que temos dificuldade em ser consumidores conscientes? Os dilemas e angústias dos indivíduos na sociedade do consumo é o tema da entrevista que a redação do Akatu realizou com apsicanalista Vera Rita de Mello Ferreira, especialista em psicologia do consumo e professora do curso extensão de Psicanálise e Psicologia Econômica, da PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo).

Ela gosta de pensar em si mesma como ...

O Dia “D” do Consumo

A cada ano que passa, o consumo da humanidade supera mais rapidamente a capacidade de regeneração do planeta

Em 2007, no dia 6 de outubro, faltando quase três meses para o Reveillon, a humanidade já havia consumido todos os recursos naturais que o planeta seria capaz de repor naquele ano. Como estamos gastando cada vez mais rápido os recursos naturais, esse dia “D” acontece cada vez mais cedo. Em 1987, o ano do primeiro Ecological Debt Day, como é chamado o dia em que a humanidade passa a estar em débito em relação ao meio ambiente, ocorreu no meio de dezembro. Em 1995, ele pulou para o dia 21 de novembro. E no ano passado, chegou à marca histórica ...

Lidar com videogames não é brincadeira

Os jogos eletrônicos estão cada vez mais presentes nas cartinhas de pedidos para Papai Noel, mas além de diversão, eles também trazem problemas

 Desde o Telejogo, com seus riscos na tela que simulavam uma partida de tênis, ao Nintendo Wii, em que o jogador deve efetivamente realizar os movimentos de um tenista, os videogames passaram por uma rápida e profunda transformação tecnológica. Por isso, cada lançamento desencadeia uma febre entre as crianças. Somente no mercado norte-americano as vendas de videogames atingiram a impressionante cifra 12,5 bilhões de dólares no ano passado.

As projeções da consultoria PriceWaterhouseCoopers (PwC) estimam que o mercado mundial de videogames atingirá o valor de 46 bilhões de dólares em 2010, registrando um crescimento de ...

Os perfis da vanguarda

Evento debateu as tendências e os valores dos consumidores mais conscientes

Numa manhã chuvosa e cinzenta, de trânsito intenso e caótico, a capital paulista foi palco de um encontro singular que reuniu importantes ícones da reflexão mais contemporânea sobre a escolha consciente do consumidor e a valorização de seu poder transformador da sociedade e de si mesmo.

Organizado pelo Instituto Akatu, em parceria com Editora Cultrix, Mercado Ético e Núcleo de Estudos do Futuro, com patrocínio do Banco Real ABN AMRO, Parceiro Pioneiro do Akatu, o evento teve como tema central a discussão dos valores que motivam o comportamento do consumidor consciente no Brasil. O evento ...

Consumo e Sustentabilidade

Sob a marca de uma sociedade de consumo, as companhias já não podem escolher apenas seus produtos como expressão de sua própria identidade, Hélio Mattar

O século XX foi marcado pela chamada sociedade de consumo e pautado por transformações tecnológicas que permitiram um progresso extraordinário na produção de bens materiais. Isso levou o consumo a um papel cada vez mais central nas relações humanas.

A agenda econômica passou a definir em grande parte a vida das pessoas, impondo a perversa lógica do “eu consumo, logo existo”, na qual as próprias identidades individuais estão fortemente ligadas ao que se compra. Essa lógica chega ao ponto de chamar de “excluídos” os que não têm acesso pleno ao mercado de consumo ...

O consumo e a sustentabilidade

Sob a marca de uma sociedade de consumo, as companhias já não podem escolher apenas seus produtos como expressão de sua própria identidade

O século XX foi marcado pela chamada sociedade de consumo e pautado por transformações tecnológicas que permitiram um progresso extraordinário na produção de bens materiais. Isso levou o consumo a um papel cada vez mais central nas relações humanas.

A agenda econômica passou a definir em grande parte a vida das pessoas, impondo a perversa lógica do “eu consumo, logo existo”, na qual as próprias identidades individuais estão fortemente ligadas ao que se compra. Essa lógica chega ao ponto de chamar de “excluídos” os que não têm acesso pleno ao mercado de consumo ...

Demanda por água exige investimentos de R$ 12,75 bilhões por ano

Montante supera o valor que o governo federal deve gastar em 2007 com o custeio e os investimentos na área de Educação

No Brasil, 20% da população mais rica tem acesso à água e saneamento em níveis comparáveis ao dos países desenvolvido, enquanto os 20% mais pobres têm acesso mais baixo que no Vietnã, segundo Relatório de Desenvolvimento Humano 2006 do Programa das Nações Unidas para o  Desenvolvimento (PNUD).

Os dados revelam que a desigualdade envolve até mesmo um bem aparentemente tão abundante como a água, especialmente no país que conta com o maior volume de água doce disponível do mundo, tendo 12% de toda a reserva mundial. A vazão média anual dos ...

A fonte ameaça secar - O movimento pela culinária responsável

O consumo excessivo de peixes pode levar à pesca predatória e desequilíbrio no meio ambiente marinho, por Marcelo Szpilman

Não há dúvidas de que a carne de peixe é uma das melhores, em se tratando da facilidade de digestão e valor nutritivo. Temos também diversas razões gustativas para apreciarmos as lagostas, camarões e mexilhões. Comê-los sempre foi um ato natural e nada antiecológico. No entanto, para que possamos continuar a consumi-los no futuro devemos pensar de forma responsável sobre este assunto. Os oceanos e sua biodiversidade devem ser vistos como uma prioridade na questão da preservação ambiental.

Apesar de a pesca ser uma das mais antigas atividades desenvolvidas pelo homem, parece que ...

Black is beautiful... e economiza energia

Novo movimento na internet cria web design ecológico usando cores que exigem menos energia para serem exibidas nos monitores de vídeo

Acaba de surgir um novo movimento no mundo da internet, baseado em um conhecimento antigo mas que andava esquecido: monitores de vídeo gastam mais energia para mostrar a cor branca do que a cor preta.

Para exibir a cor branca, os monitores de vídeo gastam cerca de 74 watts, enquanto uma tela preta consome 59 watts. O fenômeno ocorre porque os monitores compõem os diversos tons a partir da combinação de outras cores. Para apresentar o branco, é preciso usar todas as cores e para apresentar o preto, é quase como ficar apagado. Assim, cada ...

Porto Alegre adere ao movimento Cidades Solares

Porto Alegre aprova legislação que incentiva o uso de energia solar para aquecimento de água

O movimento Cidade Solares promove eventos para incentivar as prefeituras a implementarem legislação que estimule o uso da energia solar para o aquecimento de água, em substituição aos chuveiros elétricos e os aquecedores a gás. A vereadora de Porto Alegre, Mônica Leal foi quem propôs a lei que institui o Programa de Incentivos ao uso de Energia Solar nas Edificações.  "Esperamos que na sua regulamentação sejam criados mecanismos eficazes para a promoção da energia solar, como incentivos fiscais, programas de treinamento, de capacitação e de difusão de informações", disse Lucia Ortiz, Coordenadora do ONG Núcleo ...

Desperdício de alimentos no mundo assusta profissionais que visitam Akatu

Grupo do programa "Educação para o Trabalho", do Senac e do Instituto Pão de Açúcar, aprende sobre consumo consciente e conhece central de reciclagem

Em visita ao Instituto Akatu, nesta terça-feira (07/03),  doze jovens que integram o programa “Educação para o Trabalho”, parceria do Senac com o Instituto Pão de Açúcar, ficaram surpresos ao saber que mais da metade dos alimentos produzidos no mundo vão para o lixo sem serem consumidos.

Os jovens moram, na sua maioria, em bairros de classe média baixa de São Paulo, como Guaianazes e Vila Formosa, e não têm vergonha de buscar o aproveitamento máximo da comida que entra nas suas casas.

Para Ana Cláudia, 18 anos, ainda há muito preconceito em relação a reaproveitar ...

Couro de peixe é atração do Amazontech 2004, em Cuiabá

A novidade pode fazer com que o aproveitamento do animal seja 100%, além de gerar renda às populações locais

A agricultura orgânica ganhou definitivamente uma nova lei para organizar a produção, a certificação e a comercialização desses produtos em todo o país. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a lei aprovada pelo Congresso Nacional em 28 de novembro. A Lei nº 10.831, de 23 de dezembro, cria novas regras e diretrizes básicas para os produtos orgânicos. Na primeira quinzena de janeiro, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues, deve instalar a Câmara Setorial da Agricultura Orgânica, ligada ao Conselho do Agronegócio (Consagro).

O novo texto define o que é produção ...

Campanha "Faça parte da comunidade do consumo consciente"

Ideia é popularizar o conceito, que aparece em todas as relações de pessoas, empresas e governos

A campanha “Faça Parte da Comunidade do Consumo Consciente” foi realizada pelo portal de internet iG em parceria com o Akatu. Informações sobre desperdício de alimentos, consumo de água e energia, embalagens, papel de escritório, móveis, produtos de madeira, camada de ozônio e efeito estufa foram veiculadas nas áreas de comunicação interna da empresa: intranet, murais dos elevadores e corredores do edifício, cartazes nos banheiros e nos espaços para o café. Além da campanha interna com os 385 funcionários, o iG disponibiliza no canal iG Cidadania um link para o site do Akatu e informações sobre o instituto.
 
Para Sérgio ...

Instituto Akatu e Unicamp realizam Trote da Cidadania 2004

Entre as atividades dos alunos estão acompanhar palestras e recolher material a ser encaminhado para a reciclagem

Nos próximos dias 2 e 3 de março, o Instituto Akatu Pelo Consumo Consciente atuará em parceria com os centros acadêmicos de oito faculdades da Unicamp na promoção do Trote da Cidadania Integrado 2004. A iniciativa visa esclarecer a população sobre os procedimentos para a coleta seletiva do lixo.

Cerca de 60 alunos veteranos participam de palestras com representantes do Akatu e, no dia 2, mobilizarão aproximadamente 300 calouros para a ação, que consiste em visitar as casas do distrito de Barão Geraldo, em Campinas, com folhetos explicativos sobre o lixo e a separação de ...

Fechar

Esqueci minha senha

Digite seu e-mail e clique em "Procurar" para recuperar sua senha.
Sua senha foi enviada para o e-mail informado.
Não encontramos seu e-mail em nossos registros. Se você não tem uma conta Akatu, cadastre-se aqui.
Ocoreu um erro inesperado. Por favor, tente mais tarde.
enviando...