Alimentos

Aplicativo criado na Dinamarca vende sobras de restaurantes por preços modestos

A iniciativa procura uma forma simples e funcional de lidar com o problema da fome, dos desperdícios e da emissão de gases tóxicos




















Imagem: Divulgação

O que fazer com aquele restinho de comida que sobra no restaurante? Pensando em uma solução prática e sustentável, um grupo de dinamarqueses resolveu desenvolver um aplicativo que permite a venda dessas sobras de alimentos por preços amigáveis e modestos. É o app Too Good To Go (Muito Bom para Ir Embora, em tradução livre).

O aplicativo mostra o cardápio dos restaurantes, mas não é possível escolher exatamente o que consumir. O preço da marmita varia de £2 a £3,80 (algo entre R$7 e R$15). O pagamento é feito por meio do app e não tem serviço de entrega. Veja mais detalhes no vídeo de apresentação do app.

A ideia desse projeto é ajudar os restaurantes, que lucram em cima de algo que seria jogado fora. Para os clientes também é vantajoso, pois eles têm a opção de consumir comida boa e barata. Além disso, é sustentável, pois diminui o desperdício de alimentos, reduz a quantidade de lixo que se produz, e evita as emissões de CO2 e de outros gases de efeito estufa que a comida apodrecida poderia liberar. Assim contribui muito para o combate ao aquecimento global.

O aplicativo foi criado em 2015 na Dinamarca e hoje já funciona em mais sete países. Em apenas seis meses, o app evitou a emissão de 200 toneladas de dióxido de carbono e forneceu milhões de refeições que não poderiam ter acontecido se a comida tivesse sido jogada fora.

Enquanto o aplicativo não chega ao Brasil, cada consumidor consciente deve evitar ao máximo o desperdício de alimentos, com pequenas mudanças em suas práticas cotidianas. Adotar como critérios para a compra não só o preço, mas também a qualidade, a origem, as informações sobre os impactos sociais e ambientais causados pela empresa fabricante, pode trazer grandes benefícios para sua saúde, para a sociedade e para o meio ambiente. E nunca jogar comida no lixo, mas procurar reaproveitar as sobras em outras receitas saudáveis ou doá-las.


Leia mais:

Embrapa desenvolve dois projetos para reduzir o desperdício de hortaliças

Itália aprova lei contra desperdício de comida e espera economizar 12 bilhões de euros por ano

Edukatu lança animação que estimula o combate ao desperdício de alimentos

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar
Fechar

Esqueci minha senha

Digite seu e-mail e clique em "Procurar" para recuperar sua senha.
Sua senha foi enviada para o e-mail informado.
Não encontramos seu e-mail em nossos registros. Se você não tem uma conta Akatu, cadastre-se aqui.
Ocoreu um erro inesperado. Por favor, tente mais tarde.
enviando...