Agricultura urbana ganha espaço nas grandes cidades

Plantações são feitas principalmente em áreas que abrigam torres de eletricidade

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: Horta comunitária Jardim do Takebe em Diadema-SP/Crédito: Divulgação Prefeitura de Diadema

 

O número de hortas em espaços vazios, mesmo numa grande metrópole, é uma prática comum e que gera renda a algumas famílias. “Os preços podem variar de acordo com a região e algumas pessoas chegam a viver exclusivamente desta atividade”, conta a cientista social, Michele Rostichelli. Na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, ela empreendeu um estudo para saber quem são as pessoas que produzem esses alimentos, as características destas famílias e suas origens.

Na pesquisa de mestrado Entre a Terra e o Asfalto: ...

Indústrias de alimentos reduzem mais de 1,2 mil tonelada de sódio em três produtos

Acordo entre Ministério da Saúde e Abia prevê redução de sódio em bisnaguinhas, pães de forma e macarrões instantâneos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De 2011 para 2012, as indústrias de alimento conseguiram retirar 1.295 toneladas de sódio das bisnaguinhas, dos pães de forma e dos macarrões instantâneos. Esse foi o resultado de acordo entre o Ministério da Saúde e a Associação das Indústrias da Alimentação (Abia), que prevê queda de 1,8 mil tonelada dessa substância até o final de 2014, na produção.

De acordo com a diretora de Promoção da Saúde do Ministério da Saúde, Deborah Malta, no período, houve redução de quase 11% no sódio da bisnaguinha e do pão de forma, e de mais de 15% no do ...

População de abelhas tem declínio em vários países

Entre as prováveis causas para o desaparecimento das abelhas estão os componentes químicos presentes nos neonicotinoides, classe de defensivos agrícolas amplamente utilizados no mundo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentário Akatu: a relação direta entre o uso intensivo de pesticidas químicos na agricultura e o declínio da população de abelhas em diferentes lugares do mundo sinaliza a intensa relação de interdependência ao longo da história entre a ação humana e seu impacto sobre os ecossistemas. Os estudos citados nesta reportagem mostram que está em risco a continuidade da espécie que é a principal responsável pela polinização, fase essencial para o ciclo reprodutivo de quase toda a flora terrestre e, desse modo, para a vida em nosso planeta. Mais do que ser parte da origem do ...

11 dicas para minimizar o desperdício de alimentos dentro de casa

Veja o que você pode fazer para aproveitar melhor os alimentos

1.     Faça o cardápio da semana
Planejar o cardápio da semana, definindo como serão as refeições diárias, permite planejar as compras semanais e evitar desperdícios. O maior desperdício doméstico verifica-se em frutas, legumes e verduras, ou seja, nos produtos típicos das compras semanais. 
 
2.     Não se preocupe com a aparência dos alimentos
Nas compras a granel (alimentos não embalados), não se deixe impressionar pelo aspecto “limpeza” de legumes e especialmente batatas. Saiba que a limpezados alimentos reduz seu tempo de vida, assim como pode contaminá-los com produtos tóxicos. Qualquer legume ou batata com ...

Na Flip, Michael Pollan defende alimentação saudável

Na Festa Literária Internacional de Paraty 2014, escritor e ativista norte-americano faz campanha contra a comida industrial

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: o escritor e ativista Michael Pollan - crédito: Ken Light/Divulgação

“Não coma nada que a sua avó não reconhecesse como comida.” Esta é uma das “regras da comida” de Michael Pollan, escritor e ativista norte-americano que participará da Flip 2014, Festa Literária Internacional de Paraty, que será realizada de 30 de julho a 3 de agosto em Paraty (RJ).

Pollan une política, literatura e ciência em sua cruzada contra a era da comida industrial. Ganhou fama com suas campanhas contra a junkie food, a agricultura predatória e o agronegócio, que contribuem para a degradação da alimentação na ...

Destaques

Categorias

Teste do Consumo Consciente

 

 

Você sabe como seu poder  de consumidor pode influenciar a sua vida e de todo o planeta?

 

O Teste do Consumo Consciente do Instituto Akatu responde a essa pergunta. Ele é uma ferramenta que avalia o grau de consciência de pessoas ou comunidades quando consomem e oferece caminhos para que todos possam se tornar consumidores mais conscientes, numa jornada em busca do bem-estar para você, a sociedade e toda a vida no planeta.

Descubra que tipo de consumidor você é!

 

Fechar

Esqueci minha senha

Digite seu e-mail e clique em "Procurar" para recuperar sua senha.
Sua senha foi enviada para o e-mail informado.
Não encontramos seu e-mail em nossos registros. Se você não tem uma conta Akatu, cadastre-se aqui.
Ocoreu um erro inesperado. Por favor, tente mais tarde.
enviando...