O chocolate vai acabar?

Especialista da Universidade de Sydney aponta que em 10 anos o chocolate poderá se tornar item escasso nos mercados

O aumento do consumo mundial de chocolate, com um crescimento de 2% a 3% ao ano, combinado com possíveis instabilidades ambientais e sociais nas principais áreas produtoras de cacau, principal matéria-prima desse alimento, desponta como um problema no cenário da disponibilidade do produto no futuro.

Em sua fala intitulada a “A Crise do Chocolate” (The Chocolate Crisis), realizada em abril deste ano na Universidade de Sydney, o professor David Guest, especialista em agricultura da Faculdade de Agricultura e Meio Ambiente da Universidade de Sydney, alertou para os riscos que a oferta de chocolate ...

Fundação Cargill debate subnutrição e obesidade no Congresso do GIFE

O consumo de alimentos no Brasil ainda tem muitos impactos negativos sobre as pessoas e sobre a saúde pública

Os impactos negativos da produção e do consumo de alimentos são algumas das preocupações centrais nas discussões entre empresas do setor alimentício e organizações que têm como foco a nutrição. O debate “Subnutrição e Obesidade no Brasil: desafios sociais e corporativos”, promovido pela Fundação Cargill, dentro da programação de atividades paralelas do 7º Congresso do GIFE (Grupo de Institutos Fundações e Empresas), reuniu diversos atores em torno dessa pauta.

“Dados do IBGE da década de 1970, constataram que o Brasil comia bem, mas comia pouco. Hoje a realidade mudou: o brasileiro está comendo mais, mas a qualidade da alimentação caiu”, ...

Revolução dos Baldinhos: agricultura urbana e consumo consciente transformam uma comunidade

Em Florianópolis, comunidade gere os próprios resíduos orgânicos e produz alimentos localmente

Motivados por uma epidemia de ratos, os moradores da localidade de Chico Mendes, em Florianópolis (SC), transformaram sua realidade e passaram a olhar de maneira diferente para o próprio consumo de alimentos e para o lixo que produzem. A chamada Revolução dos Baldinhos é uma iniciativa local de gestão de resíduos e de produção de fertilizante natural que viabiliza o plantio de alimentos por meio de agricultura urbana. No início, atendia cinco famílias. Agora mais de 200 são beneficiadas. O Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo (Cepagro) coordena a ...

Parlamento Europeu recomenda redução de desperdício de alimentos

Se aprovada, a meta de redução de 50% deve ser atingida até 2025; indicações aos países-membro são inspiradoras para políticas no Brasil

Alimentos estragados na geladeira, mantimentos vencidos na despensa e pessoas pedindo comida na rua: no mesmo mundo mais de 1/3 dos alimentos produzidos vai para o lixo e 925 milhões de pessoas (cinco vezes a população brasileira) passam fome. Como transformar esta equação e fazer com que o desperdício seja revertido em fonte de alimentos?

Pensando nisso, o Parlamento Europeu aprovou em janeiro deste ano uma recomendação aos países membros da União Europeia para que reduzam o desperdício de alimentos em 50% até 2025. Se referendada por todos os órgãos da União Europeia, ...

Pimentão, morango, pepino e alface são os mais contaminados

Anvisa analisou 18 alimentos: até 92% das amostras estavam contaminadas – só a batata não registrou contaminação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) analisou 18 vegetais produzidos no Brasil e encontrou contaminação por agrotóxicos em 17. Em quatro deles mais da metade das amostras estavam contaminadas: pimentão,  com 92% de reprovação para consumo; morango, com 63%; pepino, com 57%, e a alface, com 52%.

Segundo as análises, as amostras reprovadas continham concentrações de produtos químicos acima do limite aceitável ou vestígios de pesticidas indicados para outras lavouras – um agrotóxico recomendado para o cultivo de eucalipto, por exemplo, usado numa lavoura de tomate.

Os dados estão no relatório do Programa de Análise ...

Destaques

Categorias

Teste do Consumo Consciente

 

 

Você sabe como seu poder  de consumidor pode influenciar a sua vida e de todo o planeta?

 

O Teste do Consumo Consciente do Instituto Akatu responde a essa pergunta. Ele é uma ferramenta que avalia o grau de consciência de pessoas ou comunidades quando consomem e oferece caminhos para que todos possam se tornar consumidores mais conscientes, numa jornada em busca do bem-estar para você, a sociedade e toda a vida no planeta.

Descubra que tipo de consumidor você é!

 

Fechar

Esqueci minha senha

Digite seu e-mail e clique em "Procurar" para recuperar sua senha.
Sua senha foi enviada para o e-mail informado.
Não encontramos seu e-mail em nossos registros. Se você não tem uma conta Akatu, cadastre-se aqui.
Ocoreu um erro inesperado. Por favor, tente mais tarde.
enviando...