Ecologizar o desejo

Por meio de um aprendizado individual ou coletivo, podemos selecionar desejos e hábitos que sejam ecologicamente amigáveis e descartar os antiecológicos

O fundo sem nome é o que não tem desejo. É pelo sem desejo e a quietude que o universo regula a ele mesmo.
Lao Tsé

A profundidade e gravidade da atual crise ecológica e climática exigem que se eleve o nível da consciência ecológica individual ou coletiva.

O desejo tem a função de nos impulsionar, embora não possa ser plenamente satisfeito. A ilusão de acreditar nessa fantasia gera o consumo irresponsável e a devastação ambiental.

Desejos são construídos social, cultural e coletivamente. A sociedade e a cultura, com seus valores, ...

Instituto Akatu no Dia Mundial Sem Carro

Vaga Viva sensibiliza e desperta cidadãos para alternativas mais sustentáveis de mobilidade urbana

Na manhã de terça-feira, dia 22 de setembro, pedestres e motoristas que passavam pela esquina da Rua Padre João Manuel com a Avenida Paulista se surpreenderam com um cenário diferente. No lugar dos carros enfileirados à beira da calçada, o espaço ganhou vida com grama verde, cadeiras e colchões para repouso, além de um grupo de jovens animados que sensibilizavam os curiosos a aderirem ao convívio. É a Vaga Viva, manifestação que vem se tornando tradicional no Dia Mundial Sem Carro em São Paulo. A ação foi promovida por um coletivo de organizações da ...

Filme do Futuro

Em vez do paraíso tecnológico dos Jetsons, estou vivendo no cenário poluído de Blade Runner

Quando era garoto, tinha certeza de que a minha vida adulta iria desaguar em um filme dos Jetsons. Energia farta, carros voadores e a ciência a serviço do bem-estar transformariam o viver dos meus anos adultos num paraíso tecnológico. Mas o enredo do meu futuro mudou de filme. O acúmulo de poluentes na atmosfera, a contaminação dos recursos hídricos e as mudanças climáticas compõem um cenário mais adequado a Blade Runner.

O século 19 nos ensinou que a combinação de máquinas com combustíveis fósseis nos abria a perspectiva de gerar eletricidade ...

Akatu lança nova campanha “Mais é Menos”

Idéia é mostrar que o consumo exagerado tem enorme impacto negativo na sociedade, no meio ambiente e nos indivíduos

Um prédio em pé, ligado a uma árvore derrubada, simboliza as conseqüências para a natureza do consumo exagerado de energia elétrica e água nas casas e edifícios. Um carro conectado a um arco-íris esparramado no chão representa a idéia de que o maior uso dos automóveis significa menos ar limpo. Essas ilustrações, baseadas em objetos infláveis, marcam a campanha “Mais é Menos”, lançada pelo Instituto Akatu pelo Consumo Consciente.

“O objetivo desta nova campanha é sensibilizar e mobilizar os brasileiros para o consumo consciente, a partir da comunicação sobre os impactos negativos do consumo acima ...

E os Meneghini? Vão bem, obrigado, e continuam consumidores conscientes

Pizza no café da manhã. Muitas sobras de comida e materiais recicláveis jogados no lixo. Banhos de longuíssimos vinte minutos. Esses eram alguns hábitos da família Meneghini no primeiro episódio do quadro Mudança Geral, apresentado entre maio e junho no programa Fantástico, da Rede Globo. Os Meneghini toparam o desafio proposto pelo reality show de se tornarem consumidores conscientes e, ao final de seis semanas, haviam conseguido adotar um estilo de vida muito mais sustentável.

O impacto dos novos hábitos foi visível e mensurável: 55% a menos no consumo de água, gasto de ...

Fechar

Esqueci minha senha

Digite seu e-mail e clique em "Procurar" para recuperar sua senha.
Sua senha foi enviada para o e-mail informado.
Não encontramos seu e-mail em nossos registros. Se você não tem uma conta Akatu, cadastre-se aqui.
Ocoreu um erro inesperado. Por favor, tente mais tarde.
enviando...