loader image
10.12.20 às 16:42

Akatu apoia o Manifesto #BarResponsável

Iniciativa que já conquistou a adesão de mais de 500 bares promove o consumo consciente de álcool , entre outros pilares na retomada das atividades diante da pandemia

Em um cenário de mudanças na forma como vivemos e nos relacionamos com o mundo por conta da pandemia, o Instituto Akatu vem a público apoiar o Manifesto #BarResponsável. A iniciativa propõe a adoção de compromissos comuns para que bares e restaurantes construam uma retomada das atividades em um patamar seguro, saudável e sem excessos. O manifesto é focado em quatro pilares: colocar em prática protocolos de higiene e distanciamento social; promover um consumo consciente de álcool, aquele feito com responsabilidade e moderação; incentivar a diversidade e promover a inclusão; e combater o assédio.

Na pesquisa Vida Saudável e Sustentáve 2020, realizada pelo Akatu em parceria com a GlobeScan, 90% dos entrevistados brasileiros responderam que estão tentando melhorar a saúde e o bem-estar. Como bem-estar e consumo consciente de bebidas alcoólicas estão diretamente ligados, o Akatu apoia toda iniciativa confiável que promova a reflexão e a adoção de hábitos mais saudáveis e sustentáveis “O Manifesto é fundamental nesse momento, dado o cuidado que é necessário diante de algumas mudanças na forma de viver, devido à Covid-19, e com o registro do excesso de consumo de bebidas alcoólicas no período de pandemia e isolamento social”, destaca Helio Mattar, diretor-presidente do Akatu.

A iniciativa é uma realização do Movimento Pró-Bar, da Diageo, e da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) — o Akatu ressalta o seu apoio ao Manifesto por acreditar na importância da conscientização de todos os seus itens neste momento. Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, Instituto Ethos e outras entidades da sociedade civil também apoiam a iniciativa. Mais de 500 bares e restaurantes já aderiram ao movimento e irão receber material de comunicação e acesso a treinamento online, para que seus funcionários sejam multiplicadores dos conceitos do projeto, como combate ao assédio e incentivo à moderação no consumo de bebidas alcoólicas. 

“Essa iniciativa tem a capacidade de ação coletiva, de engajar bares e entidades da sociedade civil. A retomada da economia precisa vir com um jeito novo de agir. Exige inovação, investimento e enfrentamento das desigualdades. Os compromissos do Manifesto trazem perspectivas de temas afirmativos e fundamentais, como protocolos sanitários, consumo consciente e agenda contra o assédio e o preconceito”, exalta Caio Magri, diretor-presidente do Instituto Ethos.

Daniela De Fiori Villa, diretora de Relações Corporativas da Diageo PUB, conta que o manifesto nasceu da ideia de trabalhar para que as contribuições culturais, sociais e econômicas do setor de bares prevaleçam no cenário desafiador do distanciamento social, “para que o setor ressurja melhor e mais atento às transformações que estão acontecendo”. “O manifesto é um conjunto de ideias em comum para que os bares voltem num patamar seguro, sem excessos e até como catalisadores de ações de cidadania”, afirma Daniela. 

Já Paulo Solmucci, presidente da Abrasel, enfatiza o poder de impacto positivo da categoria: “Cuidar do consumo responsável de bebidas alcóolicas via bar, via garçom, é muito importante. Estamos em condições de sermos protagonistas da difusão de conceitos como diversidade, consumo responsável, e combate ao assédio.”

Saiba mais em manifestobarresponsavel.org.

Veja também
Quer ouvir essa página? É só dar o play abaixo!