loader image
articulação
Acreditamos que o trabalho em rede e o fortalecimento de iniciativas que promovem o consumo consciente e a sustentabilidade ajudam a dar escala e legitimidade ao movimento por estilos de vida mais saudáveis e sustentáveis. Por isso, participamos de diversos grupos e contribuímos em variadas ações que buscam a transformação da sociedade.
Nessa esfera, atuamos nas seguintes frentes:
A sensibilização e a mobilização para o consumo consciente é uma agenda global que impacta todo o planeta. Nós fazemos parte dela participando de conselhos, programas e grupos de estudo que promovem o diálogo com os mais diferentes stakeholders envolvidos na causa. Conheça alguns deles:
seta Programa de Informação ao Consumidor para a Produção e o Consumo Sustentáveis (CI-SCP)
Coordenado pela UN Environment Programme (UNEP Paris) e a instituição britânica Consumers International
seta Programa de Estilos Sustentáveis de Vida e Educação (SLEP)
Coordenado pela UN Environment Programme (UNEP Paris) e pelo Stockholm Environment Institute (SEI)
  • Coordenação do Grupo de Trabalho sobre Educação para Estilos de Vida Sustentáveis
seta Fórum Econômico Mundial
  • Participação por vários anos nos conselhos da Agenda Global 2015 sobre os temas Consumo Sustentável, Economia Compartilhada e Mobilidade
seta Conferência ONU sobre Mudanças Climáticas (COP 21)
  • Participação na comitiva oficial do Brasil na edição de 2015, que teve como resultado o Acordo de Paris
Trabalhamos em conjunto com outras organizações e grupos para ampliar o alcance da causa do consumo consciente e da sustentabilidade. Também participamos de redes de advocacy e iniciativas que atuam junto às instâncias de governo para propor, apoiar e influenciar a formulação de diretrizes e políticas públicas que promovam estilos de vida mais sustentáveis. Confira algumas delas:
seta Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura
Membro desde 2014 do movimento multisetorial que trata questões decorrentes das mudanças climáticas sob a ótica de uma economia baseada na baixa emissão de gases de efeito estufa, unindo agendas de proteção, uso sustentável das florestas e agricultura sustentável.
seta Rede ACV
Membro desde 2013 da rede que reúne empresas e instituições para debater e disseminar o conceito de Avaliação de Ciclo de Vida (ACV) como determinante na avaliação socioambiental de produtos e serviços, mobilizando a iniciativa privada, os governos e o consumidor.
seta RAC – Rede de Advocacy Colaborativo
Membro desde 2018 da rede composta por organizações da sociedade e que realiza advocacy articulando nas casas legislativas a criação ou a alteração de políticas focadas em quatro temas: questões socioambientais, direitos humanos, transparência e integridade e nova economia.
seta Rede SDSN
Membro desde 2014 da rede Sustainable Development Solutions Network, que mobiliza conhecimento científico e tecnológico para endereçar desafios do desenvolvimento urbano sustentável, incluindo o planejamento e implementação da agenda dos ODS.
seta Comissão Municipal para o Desenvolvimento Sustentável
Participação na revisão das metas globais para avaliar o que se aplica à realidade de São Paulo, com sugestão de indicadores para criação do Plano Municipal ODS.
seta Produção e Consumo Sustentáveis do Ministério do Meio Ambiente
Participação em 2010 e 2011 no comitê gestor do Plano de Ação para o incentivo e o desenvolvimento da produção e do consumo sustentáveis no Brasil.
Quer ouvir essa página? É só dar o play abaixo!