29.08.22 às 11:05

Iniciativa de economia circular de geladeiras e freezers chega à Grande SP

Reuse tem o objetivo de mobilizar a população para o consumo consciente e para a destinação adequada de resíduos

Se você tem um freezer ou geladeira ocioso ou em más condições de uso e mora nas regiões de São Paulo, Campinas, Sorocaba e Jundiaí, pode contar com um serviço gratuito de coleta desses aparelhos e ainda ganhar descontos na compra de um eletrodoméstico remanufaturado. O projeto Reuse, iniciativa de economia circular realizada por Instituto Akatu e Dow, com apoio da Indústria Fox, expandiu sua área de atuação e agora abrange municípios paulistas que, juntos, somam quase 30 milhões de habitantes.

Desenvolvido como um projeto piloto, um dos objetivos do Reuse é sensibilizar e mobilizar a população para o descarte adequado de freezers e geladeiras, minimizando os impactos negativos desses resíduos para o meio ambiente e para a sociedade. O projeto inclui atividades em escolas e comunidades de alguns municípios na região de Jundiaí, além da gestão e da logística de coleta e tratamento dos resíduos, impulsionando a destinação adequada, a reciclagem e a economia circular de aparelhos antigos.

Com a expansão da logística reversa, o Reuse passa a atender moradores da Grande São Paulo e de importantes centros urbanos no interior paulista, como Campinas, Sorocaba, Mogi das Cruzes, Piracicaba, Limeira e Bragança Paulista, entre outros. A coleta gratuita de freezers e geladeiras pode ser agendada no site bit.ly/projeto-reuse ou pelo telefone/WhatsApp (11) 4671-0531. Além disso, o aparelho destinado para a reciclagem garante um cupom de desconto no valor de R$150 para a compra de um aparelho remanufaturado em loja online parceira da iniciativa.

Criado para sensibilizar a população para o consumo consciente e contribuir para economia circular de produtos que contêm espumas de poliuretano (PU), em 2021 o Reuse recolheu e reciclou mais de 3,5 mil colchões e sofás de Hortolândia, município a 110km de São Paulo. Cerca de 84 toneladas de materiais foram retirados do meio ambiente e destinados para cooperativas de reciclagem, onde foram limpos e separados de forma adequada. O projeto também realizou atividades em cerca de 30 escolas do município, sensibilizando alunos e professores sobre a importância do consumo consciente e da gestão sustentável de resíduos.

Veja também