loader image
24.02.21 às 0:37

Instituto Akatu é contra decretos que facilitam a compra de armas no Brasil

Apoiamos a campanha Não Somos Alvo, iniciativa contra os retrocessos no controle de armas e de munições no Brasil

Nós, do Instituto Akatu, manifestamos posição veementemente contrária aos decretos do Poder Executivo que flexibilizam limites e facilitam a compra e o estoque de armamentos e munição no Brasil.

Trabalhamos há 20 anos pela sensibilização e mobilização da sociedade brasileira para o consumo consciente como forma de garantir a manutenção da vida no planeta. São duas décadas promovendo a importância de se fazer escolhas com melhor impacto para si próprio, para o outro, para a economia e o meio ambiente. Acreditamos que a viabilização e a adoção de estilos de vida mais saudáveis e sustentáveis só são possíveis a partir de relações mais transparentes, éticas, humanas e conscientes – valores que claramente não condizem com regulações que potencialmente ameaçam a vida das pessoas e colocam em risco a própria democracia.

Estudos e especialistas comprovam que mais armas representam mais violência e mais mortes. É importante que nós, consumidores, entendamos o que está em risco para exercer nosso papel de cidadãos, unindo-nos em defesa da vida, nosso bem maior tutelado pela lei e pela Constituição.

Nós apoiamos e convidamos você a apoiar também a campanha Não Somos Alvo, iniciativa apartidária contra os retrocessos no controle de armas e de munições no Brasil, que tem como objetivo sensibilizar o presidente do Senado a barrar os decretos presidenciais de descontrole de armas e munições. Participe!

Veja também