loader image
15.03.21 às 17:43

Braskem se destaca entre empresas engajadas em evitar que resíduos plásticos cheguem aos oceanos

Empresa avança em compromissos em prol da economia circular e do controle de resíduos plásticos

Nos últimos três anos a área de Estratégia e Projetos de Logística da Braskem esteve focada em ajudar a companhia a cumprir um importante compromisso em prol da economia circular: reduzir ainda mais a perda de resíduos plásticos na produção de resinas termoplásticas. O bom desempenho das ações resultou no selo OCS Blue, concedido pela Plastivida, licenciadora da Operation Clean Sweep® no Brasil, campanha internacional com foco em sustentabilidade na indústria do plástico. Agora, a Braskem está no mais alto nível de um grupo de empresas globais que lutam para evitar que resíduos plásticos cheguem ao meio ambiente, especialmente rios e oceanos.

Edison Terra, vice-presidente de Olefinas e Poliolefinas da Braskem na América do Sul, explica que a conquista da certificação OCS Blue alcançou 100% das unidades industriais da empresa no Brasil. “Esse reconhecimento é a soma do trabalho em equipe, do empenho da Braskem no campo do desenvolvimento sustentável e dos compromissos que firmamos publicamente como companhia corresponsável por estimular a economia circular na nossa cadeia de valor”, diz Terra. Além do Brasil, a certificação OCS Blue também foi obtida recentemente pela Braskem nos Estados Unidos. Outros países, onde a companhia possui unidades, seguem no processo para obtenção da certificação.

O trabalho na Braskem começou em 2017, quando a companhia se uniu ao Programa Pellet Zero no Brasil, iniciativa global para gerenciar resíduos plásticos nos processos produtivos – pellets são os grânulos milimétricos de resina termoplástica utilizados para produção de itens plásticos e podem se dispersar nas fábricas e operações logísticas. A participação foi ampliada às demais unidades da Braskem fora do Brasil e traçou ações para conscientização tanto dos integrantes como dos parceiros da empresa. Os avanços e todo o processo de auditorias para obtenção do OCS Blue no Brasil foram acompanhados por meio de um aplicativo desenvolvido pela própria Braskem para registro de indicadores e compartilhamento de boas práticas.

O Programa Pellet Zero também ajudou a Braskem a definir medidas específicas nas áreas industriais e de logística, como alterações no piso, aquisição de aspiradores, instalação de coletores para captura de pellets, flocos e pós, instalação de proteções nos equipamentos para conter perda de material e instalação de grades coletoras de pellets nas canaletas de escoamento de água e drenagem pluvial. Houve, ainda, implementação e melhorias na utilização de embalagens, sistemas de envase e nos métodos de carga e descarga dos caminhões que transportam as cargas.

Para Silvia Migueles, responsável pela logística de resinas da Braskem na América do Sul, o aval da Operation Clean Sweep®, recebido por meio da Plastivida, reforça os diferenciais na atuação da companhia. “Empresas com modelo de operação mais sustentável terão mais força nas próximas décadas, tanto do ponto de vista da sociedade e dos investidores, cada vez mais exigentes e cobrando por compromissos com o meio ambiente e com as gerações futuras, como do ponto de vista de negócio, considerando principalmente a operação no contexto das mudanças climáticas”, finaliza.

Braskem no grupo de empresas globais em prol da sustentabilidade

Na mesma linha do grupo de empresas da Operation Clean Sweep®, a Braskem faz parte da Aliança pelo Fim dos Resíduos Plásticos (AEPW), iniciativa internacional que inclui outras 46 importantes companhias, sendo a Braskem a única brasileira. São empresas que produzem, utilizam, vendem, processam, coletam e reciclam plásticos unidas para desenvolver projetos nas áreas de limpeza, infraestrutura, inovação, educação e engajamento. A ação é considerada o esforço mais abrangente já feito para dar fim ao descarte de plásticos no meio ambiente e já começou com orçamento de até US$ 1,5 bilhão para investimentos.

A Braskem também integra o CFO Taskforce, uma força-tarefa reunida pelo Pacto Global da ONU para fomentar o engajamento empresarial em prol do desenvolvimento sustentável. O grupo é composto por líderes financeiros de grandes companhias e, na prática, busca ajudar as empresas no alinhamento de seus compromissos de sustentabilidade com suas estratégias financeiras, visando a criação de impacto positivo nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) em níveis local e global.

Veja também