loader image
02.09.20 às 11:15

Folha de S.Paulo: Mobilidade urbana com menor impacto ambiental

Análise do Akatu e da Fundação Espaço Eco ajuda o consumidor a fazer uma escolha melhor

Em sua coluna no jornal Folha de S.Paulo, Helio Mattar, diretor-presidente do Akatu, fala sobre os principais resultados de um estudo que analisou os impactos ambientais dos principais modais da cidade de São Paulo. O estudo foi realizado por uma parceria entre o Akatu e a Fundação Espaço Eco.

“A pergunta é comum: como se deslocar na cidade com menor impacto ambiental? A crescente adesão de diversos públicos aos modais compartilhados —bicicleta e patinete elétrico— provavelmente partiu do pressuposto de que esses são meios de transporte com menor impacto ambiental.

Mas há estudos alertando o contrário, como o da Universidade da Carolina do Norte publicado pela Environmental Research Letters. Ao consultá-lo, constata-se que resulta de uma ACV (Análise de Ciclo de Vida) do patinete elétrico na cidade de Raleigh. Assim, considera o uso de energia elétrica gerada em grande proporção a partir de combustíveis fósseis, fonte poluente que contribui para o aquecimento global. Já no Brasil, a energia elétrica tem base hidroelétrica, significativamente mais limpa.”

Leia a coluna na íntegra.

Veja também